Notícias

VISTORIA EM OBRA DA AVENIDA ERNESTO NEUGEBAUER

Preocupado com mais uma prorrogação da entrega da obra da avenida Ernesto Neugebauer, o vereador Alvoni Medina esteve no local, para vistoriar a execução da melhoria, na tarde desta terça-feira (10).

A obra foi retomada em 2019, após muita insistência do parlamentar, junto ao governo municipal. “Foram quase dois anos de trabalho árduo, solicitando ao prefeito Nelson Marchezan Junior, para que essa obra fosse executada”, afirma Medina.

Porém, durante a semana, o prazo de entrega, que seria para o fim do primeiro trimestre de 2020, ficou estipulado até o final de abril.

Durante a caminhada com a comunidade, o vereador ligou para o secretário adjunto da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana (SMIM), Nelcir Tessaro, pedindo uma atenção especial à sinalização da obra. O secretário se comprometeu em voltar à região na próxima semana, junto ao vereador, para ouvir a comunidade.

Também, o vereador Alvoni Medina, solicitou à SMIM e a EPTC, providências de segurança, em razão do GRE-NAL da próxima quinta-feira, pois o desvio que os torcedores fazem para chegar até a Arena, através da Vila dos Ferroviários, tem causado muitos transtornos aos moradores, e principalmente insegurança às crianças da localidade.

Esse acesso da Vila Ferroviários, além de causar insegurança aos moradores pela falta de sinalização viária, danificará o que já foi feito de melhorias na via, causando ônus para a prefeitura municipal.

958e730a-af01-47de-8a88-835fa5f672ca(Foto: Cleiton Pereira)

 

DEFINIDAS DATAS DO CARNAVAL DESCENTRALIZADO

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre, presidida pelo vereador Alvoni Medina, chamou uma reunião extra nesta quinta-feira (20), para apresentar o cronograma do carnaval de rua e dos blocos descentralizados, aos representantes do movimento de Porto Alegre.

O secretário municipal de Cultura, Luciano Alabarse, apresentou o novo calendário, reorganizado pelas equipes da secretaria, de acordo com as solicitações de cada bloco representativo.

O vereador Engenheiro Comassetto conduziu a reunião, acalmando os representantes que não estavam completamente de acordo com o calendário apresentado.

Ao final do encontro, ficou decidido que os locais e horários que estavam sugeridos pelos blocos representativos (12 ao total), foram acatados pela secretaria municipal de Cultura, e o que não houve definição sobre a data (Extremo Sul), pois colide com a Páscoa, será ouvido novamente pela pasta, e na próxima semana será divulgado o cronograma final do carnaval descentralizado de Porto Alegre.

CECE(Foto: Jeannifer Machado/CMPA)

 

TROCA DE EXPERIÊNCIAS

O vereador Alvoni Medina e o vereador Cesar Augusto, de Canoas, visitaram as instalações da Central da Pessoa Idosa do município de Canoas, na segunda-feira (17). A unidade de atendimento inaugurada em fevereiro de 20119, celebra 1 ano de funcionamento com mais de 5 mil idosos atendidos.

Acompanhados pela coordenadora da Central do Idoso, Camila Ferreira, os parlamentares também visitaram a Clínica de Saúde do Idoso, que conta com 21 profissionais que trabalham nas seguintes especialidades: Geriatria, Clínica, Assistência Social, Psicologia, Nutrição e Enfermagem.

Anexo à casa de saúde, está o Centro de Referência do Idoso, o qual também conta com uma equipe multidisciplinar de atendimento. De acordo com a coordenadora dos espaços, Fabiana Moretti, são feitos cerca de 3.500 atendimentos mensais.

Também participou da reunião a representante da Secretaria de Saúde, Rejane Silveira.

 

 

VISTORIA EM PRAÇAS DA ZONA NORTE

O vereador Alvoni Medina, esteve em algumas praças da zona norte, fiscalizando as obras de revitalização dos locais.

A praça Irmão Desire Afonso, no bairro Sarandi, recebeu pintura e manutenção dos equipamentos de ginástica, além do corte de grama. Melhorando o acesso dos moradores ao mobiliário ofertado.

Também no Sarandi, foi vistoriada a praça Elias Jorge Moussalle, a qual necessita de reparos nas bocas-de-lobo, que sofrem com constantes alagamentos e manutenção do mobiliário. Porém, o local permanece com os brinquedos estragados, falta pintura dos equipamentos e somente a grama fora cortada.

No bairro Morro Santana, a praça Maurício Rosenblatt, recebeu corte de grama, mas segue com o mobiliário necessitando pintura e reparos.

De acordo com o executivo, as melhorias não foram todas concluídas, estão em manutenção até março.

Medina afirma que vistoriar esses espaços faz parte do trabalho do vereador e que “é importante ouvir a comunidade para entender se os serviços estão mesmo sendo feitos, para que medidas sejam cobradas dos órgãos competentes”, destaca.

f1ea0db8-bcd6-4d5b-80bc-ab4a7787f231

 

VISITA A ASSOCIAÇÃO HOSPITALAR VILA NOVA

O vereador Alvoni Medina, visitou a Associação Hospitalar Vila Nova, na terça-feira (18), onde foi recebido pela direção do complexo. Hoje, o hospital é referência em atendimentos de média complexidade, em Porto Alegre. Também, possui o maior serviço de oftalmologia do Rio Grande do Sul.

Desde 2011, a casa de saúde é 100% SUS. Possui 440 leitos na Vila Nova, 110 no Hospital da Restinga (em 2018 assumiram o Hospital da Restinga) e 60 em Charqueadas.

Participaram da visita o presidente da instituição Dr. Dirceu Beltrame Dal’Molin, o superintendente administrativo, Jalmir Pin e o diretor financeiro Rafael Casagrande.

fcd4f6d5-403d-4ebe-a582-0c547b4eb9e2

 

 

FALTA DE DIÁLOGO ENTRE SMED E PROFESSORES

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara Municipal de Porto Alegre reuniu nesta terça-feira (18), integrantes da comunidade escolar, para dialogar sobre a situação dos diretores eleitos no ano de 2019, nas escolas de Ensino Infantil e Ensino Fundamental.

Conforme o presidente da comissão, vereador Alvoni Medina, a pauta foi solicitada pela Escola Pepita de Leão que realizou abaixo-assinado reivindicando que a Secretaria Municipal de Educação (Smed) não mudasse a forma de eleição dos diretores nas escolas.

De acordo com a professora Eliana Menegatti, da Escola Pepita de Leão, as escolas trabalham com planejamento e a falta da efetivação da posse das novas diretorias, ocasiona alguns problemas para a comunidade escolar, como também a falta de professores para completar o quadro escolar.

Célia Trevisan, representante da Secretaria Municipal de Educação, informou que o processo eleitoral passou por uma avaliação do conselho escolar, e que há 39 escolas, sendo 7 do Ensino Fundamental e 32 do Ensino Infantil, com indicativo de novas eleições.

Os professores, presentes na reunião, alegam que a “a falta de organização” gera um desgaste e um impasse, até mesmo no calendário escolar. E o ideal seria de que fosse mantido o acordo e que as posses fossem dadas o quanto antes, para não comprometer a organização e até mesmo o quadro de pessoal de cada escola.

Os vereadores da comissão, se comprometeram de encaminhar um ofício ao secretário de educação, Adriano Naves de Brito, sugerindo dar posse às direções eleitas em 2019, que já foram referendadas pelos conselhos escolares. Também, ficou acertado que será feito um pedido de agenda com o secretário, para que ele receba professores e membros dos sindicatos ligados à área para que se defina o impasse e seja definida uma data para a posse dos gestores nas escolas.

Também participaram da reunião o representante da Associação dos Trabalhadores/as em Educação do Município de Porto Alegre (Atempa), Ezequiel Viapiana, representante da Secretaria Municipal de Relações Institucionais, Vitorino Baseggio, representantes do Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (Simpa) e professores da rede municipal.

WhatsApp Image 2020-02-18 at 17.54.35(Foto: Cleiton Pereira)

 

JOVENS VISITAM LEGISLATIVO DE PORTO ALEGRE

Cerca de 10 jovens que fazem parte da Força Jovem Universal da Agostinho, moradores do bairro Sarandi, conheceram as instalações da Câmara Municipal de Porto Alegre, em visita guiada, na manhã desta terça-feira (18). A atividade foi promovida através do gabinete do vereador Alvoni Medina, com apoio do setor de Memorial da casa legislativa e o pastor Afonso da Cunha.

De acordo com o pastor responsável pelo grupo, essa atividade foi importante para amadurecer e preparar os jovens, sobre a importância da política na nossa cidade e nosso estado. “Quem sabe futuramente um destes jovens aqui não decide concorrer a vereador e a prefeito, né?”, brinca Cunha.

Segundo Medina, proporcionar essas visitas é promover e disseminar conhecimento sobre a história da política municipal, para os jovens de diversas as classes sociais da cidade. “Muitos (jovens) não sabem o que faz um vereador, como atua um prefeito, por isso é importante abrir esses espaços para que todos aprendam mais sobre como atuam os representantes do povo”, afirma o vereador.

WhatsApp Image 2020-02-18 at 10.38.51

(Foto: Cleiton Pereira)

POLÍTICA MUNICIPAL PARA DOENÇAS RARAS

Aprovado na tarde desta quarta-feira (06), o projeto de autoria do vereador Alvoni Medina, que trata sobre a Política Municipal de Atenção, Diagnóstico e Tratamento às Pessoas com Doenças Raras, no município de Porto Alegre. De acordo com a proposição, estima-se que as doenças raras afetam em torno de 13 milhões de pessoas.

O projeto foi desenvolvido em parceria com as entidades que compõem a comissão de Doenças Raras do Conselho Municipal do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência – COMDEPA.

A proposta visa facilitar o acesso aos serviços de saúde e à informação dessas pessoas. De acordo com Medina, a intenção é de que o diagnóstico seja feito de maneira mais precoce, aumentando as chances de tratamento dessas doenças.

Foto Roberta Brum

 

 

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL 2020
Idosos e Pessoas com Deficiência

Diversas atividades do Fórum Social Mundial foram realizadas durante toda a quarta-feira (29), na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

A Frente Parlamentar em Defesa dos Idosos e a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, ambas presididas pelo vereador Alvoni Medina, foram apoiadoras das atividades.

O seminário sobre pessoas com deficiência, abordou diversas as temáticas, divididas entre manhã e tarde, desde a parte legislativa até a parte clínica, voltadas às deficiências.
Já as atividades que dizem respeito a terceira idade, abordaram direitos do consumidor 60+, dicas sobre quedas e legislação e fiscalização de instituições de longa permanência (ILPIS).

Para o vereador Alvoni Medina, essas atividades são oriundas de um interesse comum de entidades e órgãos ligados aos idosos e pessoas com deficiência. “É gratificante ver todas essas organizações e sociedade civil, debatendo sobre assuntos em comum. Queremos transformar a nossa Porto Alegre em um lugar melhor para viver”, afirma Medina.

17ca1679-5ccb-4a15-97ab-c13252344a3a

(Foto: Cleiton Pereira)

PRESIDÊNCIA

O vereador Alvoni Medina assumiu em 2 de janeiro de 2020, a presidência da Comissão de Educação, Esporte, Cultura e juventude – CECE. Na atual gestão, o presidente do legislativo será o vereador Reginaldo Pujol.

81038007_2632142123531886_5145099696502472704_o

Dezembro Verde combaterá abandono de animais

Em sessão extraordinária realizada na noite de quinta-feira (19/12), os vereadores aprovaram projeto de lei e substitutivo, ambos de autoria do vereador Alvoni Medina (REP), que institui a campanha Dezembro Verde – Combate ao Crime de Abandono de Animais Domésticos – e inclui a efeméride Mês de Combate ao Crime de Abandono de Animais Domésticos – Dezembro Verde – no Calendário de Datas Comemorativas e de Conscientização do Município de Porto Alegre, no mês de dezembro.

Segundo o projeto, são objetivos da campanha Dezembro Verde: conscientizar a população acerca do fato de o abandono de animais ser um crime, além de ser ato cruel que pode condenar o animal doméstico abandonado à morte; dar maior visibilidade ao tema, estimulando a prevenção ao abandono de animais domésticos, por meio do emprego de recursos visuais de impacto; contribuir para a melhoria dos indicadores relativos ao abandono de animais domésticos; e ampliar o nível de resolução das ações direcionadas ao abandono de animais domésticos por meio de ações integradas envolvendo população, órgãos públicos e organizações que atuam na área.

De acordo com a proposição, a campanha Dezembro Verde tem como finalidade apoiar a realização de palestras, eventos e ações educativas, com a ampla divulgação de material publicitário nas diversas mídias e espaços públicos, dentre outras atividades, a fim de conscientizar a população de que abandono de animais domésticos é crime, além de ser um ato cruel que pode condenar o animal abandonado à morte.

Conforme Medina, a campanha foi criada pelo protetor animal Alex Paiva, da cidade de Sobral, no Ceará, pois o ativista sentia a necessidade de falar sobre o abandono de animais domésticos no período de dezembro a fevereiro, quando ocorre o período de férias. As principais causas de abandono de animais domésticos estão relacionadas à mudança de casa, ninhadas inesperadas, fatores econômicos, perda de interesse pelo animal, comportamento problemático do animal, alergia de algum membro da família, nascimento de um filho, internação ou morte do tutor, períodos festivos e férias.

(Texto Assessoria de Comunicação CMPA)
WhatsApp Image 2019-11-25 at 16.14.47

 

NOTA E REPÚDIO: UMA AMEAÇA À LEI DE COTAS

No dia 26 de novembro, o Governo Federal enviou o projeto de lei número 6.159/2019, à Câmara dos Deputados, o qual visa alterar a Lei de Cotas para as pessoas com deficiência e mais nove normativas.

Este projeto afeta os princípios da Convenção Internacional da ONU, sobre os direitos das pessoas com deficiência no mercado de trabalho. A proposição elimina a obrigatoriedade da contratação das pessoas com deficiência, ao prever a possibilidade de que os empresários paguem, de forma alternativa, um valor ao Programa de Habilitação e Reabilitação Física e Profissional, em detrimento da contratação formal do empregado com deficiência. O montante corresponde a dois salários mínimos durante 03 meses.

Hoje, a Lei de Cotas é um dos principais mecanismos de inclusão e garantia de direitos das pessoas com deficiência, junto ao mercado de trabalho. Conforme a Lei nº 8.213, de 1991, empresas acima de 100 funcionários, obrigatoriamente, precisam destinar cerca de 2% a 5% de suas vagas para empregar pessoas com deficiência, o que com a referida proposição está ameaçada, entre outras medidas que significam um verdadeiro retrocesso para a causa das pessoas com deficiência.

Por fim, é importante salientar que, mesmo com a retirada do regime de urgência desse projeto, decidida pelos líderes das bancadas do congresso no dia 03/12/2019, é importante a mobilização da sociedade civil organizada para manifestar a sua contrariedade e combate a essa proposta do governo.

Vereador Alvoni Medina

Porto Alegre, 03 de dezembro de 2019.

 

 

SAÚDE DO HOMEM É TEMA DE JORNADA

O Instituto Nacional da Próstata – INPRÓS, em parceria com a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, promoveu a 4° Jornada de Saúde do Homem, na manhã desta segunda-feira (18), na Câmara Municipal de Porto Alegre.

O mês de novembro é marcado por ações de combate ao câncer de próstata e prevenção à saúde do homem. A 4° Jornada da Saúde do Homem trouxe três palestrantes com temas distintos, voltados à comunidade masculina.

Além das palestras temáticas, o Instituto também homenageou algumas pessoas que atuam na causa da saúde do homem e terceira idade, entre elas o vereador Alvoni Medina (Republicanos), presidente da Frente Parlamentar do Idoso e a deputada estadual Zilá Breitenbach (PSDB).

“Me sinto cada vez mais motivado a trabalhar em prol das políticas públicas dos idosos, na construção de uma cidade melhor para eles.”, afirma Medina.

O geriatra José Celestino, abordou a “Saúde do Homem Idoso”, onde explanou a importância da atividade física, alimentação saudável e visita regular ao médico, para a prevenção de doenças do coração e câncer de próstata, que podem acometer a população masculina depois de uma certa idade.

A palestra do médico radiologista, doutor Roberto Oliveira, tratou da importância dos cuidados com a calcificação dos ossos, no anseio de prevenir a osteoporose.

O médico urologista, doutor Marcelo Dias Ferreira, narrou a importância dos avanços tecnológicos na área da saúde, que servem para diagnosticar e prevenir diversas as doenças, em especial, o câncer de próstata.

Durante todo o mês, o INPRÓS conta com uma programação diferenciada, a fim de descentralizar as informações de prevenção e cuidados com a saúde do homem.

O evento encerrou com a participação especial do coral Raio de Sol, da Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas – ANAPPS.

 

DSC_0112

(Foto: Daniel Nascente)

 

COMUNIDADE PEDE ESCLARECIMENTOS SOBRE OBRA

 Excesso de velocidade, retorno proibido e falta de sinalização são algumas das reclamações dos moradores e líderes comunitários da Vila Ferroviária, no bairro Humaitá. Desde a retomada das obras na avenida Ernesto Neugebauer, diversos os casos de motoristas negligentes que transitam no local, foram sinalizados pelos moradores, em reunião conjunta entre o gabinete do vereador Alvoni Medina, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade Urbana e a Empresa Pública de Transporte e Circulação, na noite da quinta-feira (15).

O secretário adjunto de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Nelcir Tessaro, afirmou que não existe obra que não cause transtornos e que a avenida ficou prejudicada pelo movimento. “Com a inauguração da Ceará, até o final do ano, o fluxo da região irá diminuir”, garante Tessaro.

A comunidade alega que além do fluxo anormal, os motoristas não respeitam que há crianças nas calçadas e passam em alta velocidade, causando insegurança e transtornos para quem reside na faixa.

A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), responsável pela via após o término da obra, implantará a sinalização viária, já prevista em projeto, o qual contará com a divisão de pista amarela e nos pontos com menor fluxo o estacionamento será liberado.

O vereador Alvoni Medina se comprometeu em fiscalizar o local após a execução da obra. “Eu e meu gabinete estamos à disposição. Levaremos as informações acolhidas em ata para os órgãos responsáveis e estaremos atentos a qualquer mudança negativa que ocorrer”, afirma Medina.

Roberta Brum

(Foto: Roberta Brum)

Correio do Povo recebe a mais importante honraria da Câmara de Porto Alegre

Cerimônia de entrega da Comenda Porto do Sol ocorreu no fim da tarde desta terça, no Plenário Otávio Rocha

O jornal Correio do Povo recebeu a Comenda Porto do Sol, a mais alta honraria conferida pela Câmara de Vereadores de Porto Alegre. A cerimônia de entrega ocorreu no fim da tarde desta terça-feira no Plenário Otávio Rocha.

A proposição é do vereador Alvoni Medina (PRB). Segundo ele, a homenagem visa o reconhecimento da contribuição do jornal, que, pela atuação junto à população gaúcha, ajuda na efetivação dos direitos e garantias fundamentais, assim como é fundamental para a divulgação dos atos da Câmara. Cada parlamentar pode entregar uma Comenda por mandato.

Correio do Povo completou 124 anos no último dia 1º. Sidney Costa, diretor-presidente do jornal, sustenta que a homenagem vai muito além da empresa. “É um ato de homenagear as pessoas que passaram e que estão trabalhando, e os leitores. O que seria do jornal sem eles?”, lembrou.

No aniversário do Correio do Povo, a edição impressa que marca o início do ano 125, passou por uma atualização gráfica que moderniza o desenho das páginas e das capas de cada caderno. Além de já ser muito presente nas redes sociais, com conteúdos exclusivos, Correio do Povo lançou 13 programas em formato de podcasts.

Apresentados por repórteres, editores e colunistas, os episódios envolvem temas variados e para todos os tipos de público, como política, literatura, esportes, cultura, música, meio ambiente e regionalismo.

IMG_0150
(Foto: Daniel Nascente)

 

APADRINHAMENTO AFETIVO DE IDOSOS

A Câmara Municipal de Porto Alegre, aprovou por unanimidade, na tarde desta quarta-feira (18), o projeto de lei do vereador Alvoni Medina, que institui o programa denominado Apadrinhamento Afetivo de Idosos, em Porto Alegre.

A proposição tem a finalidade de permitir o acolhimento e o apadrinhamento social de idosos em finais de semana, feriados e datas comemorativas, a inserção e o convívio social dos idosos que residem em instituições e viabilizar e incentivar a vivência dos idosos fora das instituições de onde moram, de modo a proporcionar-lhes a atenção, o afeto e os cuidados com a saúde.

De acordo com Medina, foram visitadas diversas instituições de longa permanência (ILPIS), para perceber quais as dificuldades enfrentadas em cada uma e como seria possível a viabilidade do projeto.

“Esses locais contribuíram para o aperfeiçoamento do projeto, buscando sempre a qualidade de vida dos idosos, que em muitos casos, foram abandonados por seus entes queridos.”, afirma Medina.

Roberta Brum

(Por: Roberta Brum)

 

 

TV RECORD RS RECEBE HOMENAGEM

A bancada do PRB Porto Alegre, realizou nesta segunda-feira (8), uma homenagem aos 12 anos da Record TV RS, completados em 1° de julho. Proposta pelos vereadores Alvoni Medina e José Freitas, a iniciativa parabenizou a diretoria, comunicadores e toda a equipe da Record TV, pelos 12 anos dando a voz ao povo gaúcho.

Representando os jornalistas e comunicadores da emissora, esteve presente na homenagem o apresentador Alexandre Motta, juntamente com o presidente da Record TV RS, Reinaldo Gilli.

“São 12 anos de dedicação, trabalho, credibilidade e respeito à população, e não poderíamos deixar de prestar essa homenagem para a emissora que é considerada a porta voz dos gaúchos.”, afirma Medina.

Fundada em 2007, a Record TV RS surgiu após a compra da antiga Tv Guaíba. Em julho do mesmo ano, ocupava o quinto lugar em audiência no estado. Após dois anos da compra, a Record TV RS cumpriu seu objetivo, alcançando o segundo lugar em audiência no RS.

Para o vereador José Freitas, homenagear a emissora que tanto cresce no Sul do país é uma “alegria”. “Uma satisfação enorme conceder esse título a essa TV que leva informação diária aos gaúchos e gaúchas, além de contar com um quadro de excelentes profissionais em sua programação”, diz Freitas.

Também acompanharam a homenagem o deputado estadual Sérgio Peres (PRB), o jornalista João Batista de Melo Filho, do Conselho Deliberativo da ARI, e Orestes de Andrade Júnior, coordenador-geral do Gabinete de Comunicação Social da Prefeitura Municipal, além de diversos integrantes dos quadros profissionais da Record TV RS.

Graziele Correa

(Foto: Graziele Correa)

 

TÁXI ACESSÍVEL TEM CUSTO ALTO EM PORTO ALEGRE

Cerca de 300 mil deficientes físicos, disputam o serviço de 52 táxis acessíveis em Porto Alegre. Esse foi o debate, acalorado, mediado pelo vereador Alvoni Medina, presidente da Frente em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, na manhã desta sexta-feira (5).

Durante o encontro, entidades, taxistas, conselho municipal e órgãos públicos, debateram as precariedades do transporte público acessível da Capital, em especial, a falta de táxis acessíveis.

Medina recebeu diversos pedidos da Federação Rio-grandense de Entidades de Deficientes Físicos – FREDEF, sobre a pauta. “Não podemos fechar os olhos quando as entidades nos procuram e precisam que os debates evoluam, por isso, estamos aqui reunidos para chegarmos num denominador comum.”, afirma o parlamentar.

O vice-presidente da FREDEF, Rotechild Prestes, diz que é importante conversar sobre a temática, uma vez que “precisamos tentar uma excelência no atendimento do táxi acessível em Porto Alegre”, diz.

Segundo Jorge Brasil, diretor de acessibilidade da Prefeitura de Porto Alegre, o maior impasse hoje para ampliar o número de carros acessíveis, é a “falta de verba”. “A modelagem do serviço de táxi acessível é insustentável, precisa ser readequada, com um valor menor, para que seja ampliada a oferta e não cause prejuízo aos permissionários.”, declara Brasil.

Hoje, são 52 táxis acessíveis em Porto Alegre, dos quais, 26 estão aptos para trabalhar com aplicativos de mobilidade.  De acordo com o representante da Associação do Táxi Acessível, Charles Silveira, atualmente, o valor para adaptação de um carro para táxi acessível beira os 40 mil reais.

Para o presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência, Nelson Khalil, é necessário um subsídio para o serviço referido. “O poder público precisa regular de alguma forma esse valor, que se torna inacessível e acaba afetando o atendimento que tanto precisamos.”, afirma.

Os taxistas alegam que a demanda é pequena e que se torna insustentável trabalhar só com acessibilidade (cerca de 10% dos usuários).

Cristiano Freitas, taxista do ponto da PUC-RS, sugere que a solução a curto prazo seja a tarifa diferenciada, pois o deslocamento é maior do que o percurso. Também, solicita que os táxis adaptados possam estacionar em quaisquer pontos da cidade, para facilitar a locomoção até os passageiros.

Ficou acertado que o grupo de trabalho técnico da Frente Parlamentar, composto por entidades e associações que atuam na causa da pessoa com deficiência, se reunirão para revisão da Lei do Táxi Acessível em Porto Alegre.

O gerente de controle da operação de transporte da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Luciano Souto, afirma que vai verificar o que está acontecendo dentro do sistema e como ele está sendo tratado pelos condutores e permissionários.

Ainda, avalia que o número ideal de carro adaptado seria 100% (89 permissões de táxis adaptados), mas sabe-se da inviabilidade da oferta do serviço.

Daniel Nascente

(Foto: Daniel Nascente)

 

JANEIRO BRANCO É APROVADO EM PORTO ALEGRE

A Câmara Municipal de Porto Alegre aprovou por unanimidade na tarde desta quarta-feira (03), o projeto denominado Janeiro Branco, de autoria do vereador Alvoni Medina.

A proposição visa instituir a campanha de estímulo ao cuidado e à conscientização da saúde mental e emocional das pessoas no município de Porto Alegre.

A campanha “Janeiro Branco” foi idealizada pelo psicólogo mineiro Leonardo Abraão, e já consta como lei em diversas cidades brasileiras, como São Paulo e Uberlândia.

Medina acredita na necessidade de investir em qualidade de vida das pessoas e combater o crescimento de casos de transtornos de ansiedade, transtornos depressivos, suicídio e uso de álcool e outras drogas. “O projeto pretende mobilizar a sociedade porto-alegrense em favor da saúde mental e emocional como prioridade em nosso meio”, afirma.

Fica incluída também, a efeméride mês de estímulo aos cuidados e à conscientização da saúde mental e emocional – janeiro branco –, no anexo da lei nº 10.904, de 31 de maio de 2010 – calendário de datas comemorativas e de conscientização do município de Porto Alegre.

janeiro branco 2

 

 

MEU DINHEIRO VALE OURO ENCERRA APRESENTAÇÕES EM PORTO ALEGRE

Cerca de 600 pessoas prestigiaram as atrações do #MeuDinheiroValeOuro, em Porto Alegre. O último espetáculo aconteceu na sexta-feira (28), na Escola Liberato Salzano, zona norte da Capital.

Entre os dias 25 a 28 de junho, foram 7 apresentações gratuitas, que levaram informações sobre como economizar e empreender, de forma divertida, através de um monólogo. Os personagens Zildo, Bufunfa, Tia, Tici e o ruivo do toilete conscientizaram os idosos e jovens sobre quais as melhores maneiras de se relacionar com o dinheiro.

A atividade, promovida pelo Ministério da Cidadania, contou com apoio da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, juntamente com o Instituto de Desenvolvimento Científico, Tecnológico e Ambiental (IDETEC).

“Fui em quase todos os espetáculos e pude ver a emoção de muitas pessoas, em especial, dos idosos, que muitos estavam assistindo a uma peça de teatro pela primeira vez. Que bom que o tema (educação financeira) enquadra todas as faixas etárias”, afirma Medina.

WhatsApp Image 2019-07-01 at 14.19.22

 

STAND UP COMEDY #MEUDINHEIROVALEOURO, EM PORTO ALEGRE

O projeto #MEUDINHEIROVALEOURO, chega até Porto Alegre nos dias 25 a 28 de junho. Serão 07 apresentações gratuitas no estilo stand up comedy, com duração de 50 minutos.

Os personagens são Zildo, Bufunfa, Tia, Tici e o ruivo do toilete que, com paródias e esquetes, conscientizam os jovens sobre quais as melhores maneiras de se relacionar com o dinheiro. A peça apresenta ao público dicas sobre educação financeira. O objetivo é orientar as pessoas a usarem o dinheiro de forma responsável. Para isso, o espetáculo utiliza uma linguagem simples e divertida.

O projeto é realizado pelo Ministério da Cidadania, por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com patrocínio do Agibank e produção do Grupo Komedi, com apoio do Instituto de Desenvolvimento da Educação e Tecnologia – Idetec e a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, de Porto Alegre.

Meu Dinheiro Vale Ouro

 

VIOLETAS CONTRA A VIOLÊNCIA

Em alusão ao Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Idosos, em parceria com o Grupo Calebe, fez um ato simbólico na tarde desta segunda-feira (10), na Câmara de Vereadores de Porto Alegre.

Foram entregues 36 flores Violetas, que fazem parte da campanha “VIOLETAS CONTRA A VIOLÊNCIA”, que tem como objetivo criar uma consciência social e política da existência da violência contra a pessoa idosa e simultaneamente, disseminar a ideia de repúdio a essa prática que se torna cada vez mais frequente no nosso dia a dia.

Para o presidente da frente, vereador Alvoni Medina, a cor violeta é o símbolo da luta contra a violência ao idoso e a flor violeta significa respeito. “Por meio delas gostaríamos de chamar atenção dos nobres vereadores a este tema tão importante, que se manifesta diariamente por abusos físicos, psicológicos, financeiros e/ou por negligência aos nossos idosos.”

Durante a semana, demais atividades alusivas serão realizadas pela frente.

WhatsApp Image 2019-06-10 at 17.51.38

APROVADA FRENTE DA LOGÍSTICA REVERSA DE MEDICAMENTOS

Foi aprovado na tarde da quarta-feira (22), o requerimento nº 052/19, de autoria do vereador Alvoni Medina, que requer a constituição da Frente Parlamentar em Defesa da Logística Reversa de Medicamentos.

Segundo Medina, a finalidade da instalação desta frente, “será de colocar em pauta a reutilização de medicamentos e a responsabilidade ambiental, através de orientações para o uso e descarte correto dos medicamentos com o prazo de validade expirado”.

Inspirado no case “Farmácia Solidare”, da deputada estadual, Fran Somensi, o vereador chegou a visitar o município de Farroupilha, em busca de ideias para a instalação da frente. Também propôs ao prefeito de Porto Alegre, a criação da “Farmácia Solidária”.

Outro fator importante, que a frente abordará, são as informações sobre cuidados com o correto armazenamento dos medicamentos, a promoção do seu uso racional, evitando a automedicação, o consumo com data expirada e o perigo do descarte de medicamentos não utilizados em lixo doméstico, que pode causar danos à saúde de indivíduos por contaminação de águas e solo.

Sessão Ordinária

(Foto: Giulia Secco/CMPA)

 

ACERGS PEDE APOIO COM PROJETOS NA CÂMARA FEDERAL 

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, intermediou na manhã desta segunda-feira (20), uma reunião entre o presidente da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul – ACERGS, Gilberto Kemer e o deputado federal Carlos Gomes.

Durante o encontro, a Acergs solicitou apoio a Carlo Gomes, que é suplente na Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência – CPD, para a aprovação dos projetos que estão tramitando na Câmara Federal, voltados às pessoas com deficiência.

“Creio que essa soma de esforços entre os poderes, serve para a manutenção e garantia dos direitos das pessoas com deficiência. Por isso, intervi junto ao deputado federal Carlos Gomes, para que ele dê uma força com os processos que estão em andamento na Câmara.”, afirma Medina.

O Carlos Gomes (deputado federal), tem atuado em prol das pessoas com deficiência, e acolheu as demandas da associação e informou que transmitirá aos membros da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência – CPD.

PROJETOS EM TRAMITAÇÃO:

332/2019 – Altera a Lei nº 8.899, de 1994, para dispor sobre a fruição do passe livre, por pessoa com deficiência, no transporte de passageiros sob responsabilidade da União.

1372/2019 – Cria o Fundo Nacional de Apoio às APAEs, e institui a destinação de 0.5% dos prêmios da Mega Sena da Loteria da Caixa.

Desarquivamento do Projeto de Lei 6470/2013 – Que altera a Lei nº 9.008, de 21 de março de 1995, para incluir o financiamento de iniciativas e projetos voltados à pessoa com deficiência entre as finalidades do Fundo de Defesa de Direitos Difusos – FDD.

WhatsApp Image 2019-05-20 at 10.40.28 (1)

(Foto: Aline Puthin)

 

IDOSAS CONHECEM LEGISLATIVO DE PORTO ALEGRE

Cerca de 50 idosas do grupo Cravos e Rosas, do Clube de Mães Santa Rosa, conheceram as instalações da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, através de atividade promovida pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Idosos, na manhã desta sexta-feira (03).

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar, participou do início da atividade, que teve como guia a servidora do legislativo, Andréa Ávila. Durante a visita, Andréa explicou os primórdios da Câmara de Porto Alegre e a importância dos principais espaços da Casa Legislativa.

“Essas atividades visam tirar os idosos de casa e inserir eles nos debates do cotidiano. Por isso, a Frente Parlamentar sempre promove esses momentos de interação”, afirma o proponente.

Liderado pela presidente Silce Garcia, o Clube de Mães Santa Rosa completa na data de hoje, 36 anos de existência. Teve sua fundação oficial em 1983, através da líder comunitária Elvira Centena da Silva. O passeio também serviu para celebrar a data entre as participantes.

Também participaram da atividade, a coordenadora técnica do grupo, Maria Aparecida Silva de Lima e a coordenadora do Cravos e Rosas, Maria Luiza.

Daniel Nascente

(Foto: Daniel Nascente)

PRAÇA RECEBE RECURSOS PARA REVITALIZAÇÃO

O vereador Alvoni Medina (PRB), esteve reunido com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Maurício Fernandes, para dialogar sobre as emendas parlamentares, que o deputado federal Carlos Gomes (PRB) está destinando para Porto Alegre, no intuito de revitalizar praças e parques da Capital.

A verba, no valor de R$ 500 mil, será aplicada na revitalização da Praça Araguaia, no bairro Vila Assunção, próximo à orla do Guaíba. Faz parte do projeto a reurbanização do espaço, com instalação de mobiliário (bancos), melhorias na iluminação e implementação de equipamentos acessíveis.

“O Carlos Gomes (deputado federal pelo PRB) se mostrou bastante aberto quanto à solicitação de recursos para a manutenção destes espaços de uso coletivo. Além de outras solicitações para as áreas da saúde e turismo da nossa Capital.”, afirma Medina.

 

ZONA NORTE – A pedido do vereador Alvoni Medina, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, estudará a viabilização de um espaço para a criação de um cachorródromo, na Praça Wolfgang Klaus Sopher, no Jardim Itú-Sabará. A revitalização deste local também é prioridade do deputado federal Carlos Gomes (PRB).

Por Jorge Fuentes

(Foto: Jorge Fuentes)

 

PREVENÇÃO DE QUEDAS DE IDOSOS É PAUTA DE REUNIÃO

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, procurou o Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional – Crefito 5, para apresentar o projeto de lei que institui a Campanha de Prevenção de Quedas de Idosos, no âmbito residencial e solicitar apoio técnico, para a legislação e também para ações de conscientização.

Recebido pelo presidente do conselho, Jadir Camargo Lemos, o vereador Alvoni Medina sustentou a importância da participação da entidade, com a contribuição técnica na proposição. “Nossa equipe formula a parte jurídica, mas para que a legislação seja de forma eficaz, precisamos da metodologia e prática dos profissionais de fisioterapia.”, destaca.

Durante a reunião, também foi proposta a parceria entre a Frente Parlamentar e o Conselho, para a confecção de uma cartilha sobre a Prevenção de Quedas de Idosos.

Ficou acertado entre as partes, que será encaminhado o projeto e possíveis alterações serão debatidas entre as duas equipes.

Também estiveram presentes na reunião o vice-presidente do Conselho, Glademir Schwingel, a diretora secretária, Vera Elaine Marques Maciel e a diretora tesoureira Vera Terezinha Ramos Leonardi.

Maurício Vitória

 

MEDINA QUER REVITALIZAÇÃO DE PRAÇAS

O vereador Alvoni Medina, esteve reunido com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Maurício Fernandes, para dialogar sobre as emendas parlamentares, que o deputado federal Carlos Gomes (PRB) está destinando para Porto Alegre, no intuito de revitalizar praças e parques da Capital.

Durante o encontro, Medina destacou a Praça Wolfgang Klaus Sopher, no Jardim Itú-Sabará, a qual tem espaço para a criação de um cachorródromo e equipamentos acessíveis para crianças com deficiência.

O secretário Maurício Fernandes, acolheu ao pedido do vereador e se comprometeu em realizar um estudo e o projeto para a revitalização e construção do cachorródromo, na praça referenciada.

“É importante aproveitarmos essa verba, para a manutenção de espaços públicos de uso comum, como é o caso da praça Wolfgang Klaus Sopher, que precisa da restauração de equipamentos e ampliação do espaço de lazer, para a comunidade.”, afirma Medina.

A destinação de outra emenda parlamentar, será aplicada na Praça Araguaia, no bairro Vila Assunção, próximo a Orla do Guaíba.

DSC_0400.JPG

(Foto: Daniel Nascente)

 

Associação de Crianças e Adolescentes Surdos do Rio Grande do Sul promove palestra sobre a cultura surda na Câmara Municipal de Porto Alegre

A Associação de Crianças e Adolescentes Surdos do Rio Grande do Sul (ACAS-RS), juntamente com o COMDEPA (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Porto Alegre), realizam, no dia 17 de abril, a palestra Desmistificando “surdo não é mudo”, ministrada pela professora Gisele Maciel Monteiro Rangel. O evento é gratuito e acontece no Auditório Ana Terra da Câmara Municipal de Porto Alegre, às 15h. A palestra conta com o apoio da Secretaria da Pessoa com Deficiência do Solidariedade RS, do IFRS Campus Alvorada e da Frente Parlamentar dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

A palestra irá tratar sobre a cultura surda, abordando tópicos como datilologia, batismo do sinal e que o surdo não é mudo. O evento é aberto ao público, mas é recomendada para estudantes de graduação, profissionais da saúde e funcionários e órgãos públicos. Serão disponibilizados certificados para aqueles que se inscrevem através da plataforma Sympla no link https://bit.ly/2Fr0A4G.

Sobre a ACAS-RS

A ACAS-RS tem como objetivo apoiar e desenvolver ações para a defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida de crianças e adolescentes surdos que utilizam a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) como primeira língua. São oferecidos auxílios através de atividades de educação profissional, assistência social, saúde, desenvolvimento de políticas públicas e privadas para crianças e adolescentes com surdez. Além disso, a Associação promove atividades práticas, esportivas, culturais recreativas e sociais, além de prestar assessoria para os projetos voltados à acessibilidade pública e privada. A ACAS-RS visa atender os interesses das crianças e dos adolescentes surdos no período do turno inverso às aulas.

Sobre Gisele Maciel Monteiro Rangel

Gisele é professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rio Grande do Sul, no Campus Alvorada. Possui formação em Geografia pela Universidade Luterana do Brasil (2001), é Mestre em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2004) e Doutora em Educação pela Universidade Federal de Pelotas (2016).

SERVIÇO

Palestra Desmistificando “surdo não é mudo”, com a professora Gisele Rangel.

Data: 17/04/2019

Horário: 15h

Local: Auditório Ana Terra da Câmara Municipal de Porto Alegre (Av. Loureiro da Silva, 255 – Centro Histórico, Porto Alegre)

Certificados: https://bit.ly/2Fr0A4G

(FONTE: ACAS/RS)

 

Audiência avaliou alterações em empreendimento imobiliário no Anchieta

Mudança urbanística de uso do solo decorrente de empreendimento imobiliário a se localizar na Avenida das Indústrias, 1395, foi o tema de Audiência Pública realizada pela Câmara Municipal de Porto Alegre na noite de segunda-feira (11/3) na sede da Associação Comunitária de Moradores do Bairro Anchieta. O encontro tratou de processo que tramita desde 2002 na prefeitura e que agora, a pedido dos investidores, pretende incluir edificações residenciais na área de 48,8 hectares onde se situará o Parque Empresarial Condor. A destinação original, com licença de instalação aprovada pelo Executivo em 2010, seria exclusivamente comercial e industrial.

Presidida pelo vereador Alvoni Medina (PRB), a Audiência Pública lotou a sede da entidade comunitária e contou com a presença de representação da prefeitura e Ministério Público Estadual, além de parlamentares, moradores e empresários da região. A principal preocupação da comunidade está nos aumentos da demanda viária, de esgotamento sanitário, abastecimento de água e da necessária preservação natural, em uma área que é formada por banhados e parte dela considerada Área de Preservação Permanente (APP).

De acordo com diretor do Fundo de Investimento Phorbis, Mathias Kisslinger Rodrigues, todos os aspectos que foram levantados no encontro estão previstos na execução da obra, inclusive com Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado entre a empresa e o MPE. Ele ainda destacou que obras compensatórias foram exigidas pela prefeitura e irão beneficiar os moradores da região, assim como a própria presença de novos moradores e empreendimentos irão garantir maior segurança e valorização imobiliária.

Rodrigues ainda adiantou que não foi solicitado o aumento de índices construtivos, apenas que dos 369 mil metros quadrados já aprovados para uso empresarial, 164 mil sejam destinados para prédios residenciais. “Adequamos o projeto ao que há de mais moderno no planejamento urbanístico, que é o do conceito de bairro-cidade, com a possibilidade de que as pessoas fixem residência próxima ao seu local de trabalho”, esclareceu.

Diálogo

Segundo o vice-presidente da Acomba, Lotar Adalberto Markus, entre as exigências da comunidade estão as obras de saneamento, para evitar o aumento de alagamentos na região; de mobilidade no trânsito, que minimizem o efeito do aumento do fluxo de veículos, devido a presença das 40.248 novas pessoas que, segundo o projeto, estarão presentes na região, devido ao empreendimento, sendo destas 10.942 nos módulos residenciais.

Lotar ainda criticou a falta de diálogo com a comunidade desde o início e lembrou que foi a mobilização da entidade que trouxe o MP para o acompanhamento das obras, devido ao início da construção de retornos viários em uma das extremidades da área, invadindo espaço de banhado e causando alagamentos, além dos danos ambientais, fato que gerou o processo e o TAC assinado entre as partes que dispensou a construção dos retornos viários e a readequação da área atingida. Outras ações compensatórias também foram exigidas pela prefeitura para a construção do empreendimento, a construção de posto de saúde, escola infantil e de estações de tratamento de esgoto quadra a quadra, explicou o arquiteto Patrick Stephanou, responsável pela análise do processo junto à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Análise

Presente ao encontro, a promotora Annelise Monteiro Steigleder, da Promotoria de Defesa do Meio Ambiente do MPE, afirmou que, devido ao pedido de alteração do uso do solo, de comercial para misto, e as mudanças que estão sendo apontadas no projeto, será preciso que o corpo técnico do MP faça nova análise e relatório. Adroaldo Barbosa, conselheiro da Região de Planejamento 2, do Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano Ambiental (CMDUA) também criticou a inversão do debate, que deveria ter, na sua opinião, começado pela apresentação e análise do projeto pelo conselho, onde estão representantes da prefeitura, de empreendedores e da comunidade.

Maurício Fernandes da Silva, titular da pasta de Meio Ambiente e Sustentabilidade, esclareceu que a execução do projeto, dentro das condições impostas pela prefeitura e pelo MP trará melhorias para a qualidade de vida dos moradores da região com a garantia da preservação natural e a realização de obras viárias, saneamento e de infraestrutura nas áreas de saúde e educação que atualmente a prefeitura não teria condições financeiras para fazer.

Respeito

Além de Medina, também presentes ao encontro, os vereadores Valter Nagelstein (MDB), Airto Ferronato (PSB), Idenir Cecchin (MDB), Márcio Bins Ely (PDT) e Mauro Zacher (PDT) foram unânimes no entendimento de que o empreendimento trará desenvolvimento econômico e social para a região, desde que respeite padrões de sustentabilidade e os ajustes manifestados pela comunidade já existente no bairro Anchieta. O processo de alteração do uso do solo e mudança urbanística do empreendimento se encontra sob a análise do CMDUA e, de acordo com o arquiteto de Stephanous, não elimina a necessidade de apresentação de Estudos de Viabilidade Urbana (EVU) dentro das especificações previstas na legislação vigente, o que segundo ele, é uma garantia para a comunidade.

Texto: Milton Gerson (reg. prof. 6539)
Edição: Helio Panzenhagen (reg. prof. 7154)

Audiência Pública(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

 

SARAU PARA MULHERES DA MELHOR IDADE

Cerca de 100 idosas participaram do Sarau Especial para Mulheres da Melhor Idade, promovido pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, na tarde da última quinta-feira (21), na Praça Júlio Mesquita, em Porto Alegre.

A atividade, alusiva ao mês da mulher, foi realizada em parceria com a Associação Nacional dos Aposentados e Pensionistas da Previdência Social – ANAPPS, a psicóloga Samantha Sittart e o Sesc Maturidade. Dentre as atividades, as participantes divertiram-se com atrações musicais, bate-papo sobre envelhecimento ativo e declamação de poesia.

Como presidente da Frente Parlamentar, o vereador Alvoni Medina, acredita na importância de atividades ao ar livre, como forma positiva para a interação das pessoas da terceira idade, com outros grupos de convivência.

“Essas atividades visam tirar os idosos de dentro de casa, propiciando momentos de lazer, como forma de auxiliar na prevenção de doenças e até mesmo depressão desses indivíduos”, afirma Medina.

Mensalmente, a frente realiza ações que auxiliam na socialização das pessoas idosas de Porto Alegre.

Colagem de fotos

 

APROVADO PROGRAMA DE INCENTIVO DE EMPREGO AOS IDOSOS

A Câmara Municipal de Porto Alegre, aprovou com 23 de votos, o Programa de Inventivo à reserva de vagas de emprego para pessoas idosas em Porto Alegre, de autoria do vereador Alvoni Medina, na tarde desta segunda-feira (18).

O projeto pretende criar um programa de estímulo para a contratação das pessoas idosas pelas empresas da cidade de Porto Alegre, com o objetivo de ampliar a participação dos idosos no mercado de trabalho, para combater o abandono e o isolamento.

Para o proponente, o programa de incentivo à reserva de vagas para idosos favorece a autodeterminação e a independência, combatendo a exclusão social.

“Esse tipo de política inclusiva tende a reduzir as desigualdades econômicas e sociais, o que possibilita uma melhor interação dos idosos com as demais pessoas, com melhor acesso aos serviços e oportunidades que a cidade pode oferecer”, afirma Medina.

De acordo com uma série histórica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os gaúchos de 60 anos ou mais, vêm ganhando espaço no mercado laboral do Estado. Mas, apesar disso, a abertura de empregos ainda ocorre em ritmo inferior ao avanço populacional desse grupo. Entre o quarto trimestre de 2012 e igual período do ano passado, o número de trabalhadores de 60 anos ou mais pulou de 390 mil para 527 mil.

Giulia Secco.jpg(Foto: Giulia Secco/CMPA)

 

APÓS DOIS ANOS, OBRAS SÃO RETOMADAS NO BAIRRO HUMAITÁ

Com quase três anos de insistência e trâmites, as obras da Copa, são retomadas na avenida Ernesto Neugebauer, bairro Humaitá. Em ato, que marcou a continuidade dos trabalhos na manhã desta quinta-feira (10), o vereador Alvoni Medina, que sempre foi um apoiador da causa junto à comunidade local, representou a Câmara Municipal de Porto Alegre.

Na ocasião, o prefeito Nelson Marchezan Junior, afirmou que a realização da obra só está sendo possível através da aprovação, pela Câmara de Vereadores, do projeto que libera os recursos do BRTs (sistema de transporte rápido).

Durante o último ano, o vereador Alvoni Medina, juntamente com moradores do bairro, reuniu-se diversas vezes com o secretário de Infraestrutura e Mobilidade, Luciano Marcantônio, para cobrar que a obra de duplicação da avenida Ernesto Neugebauer fosse continuada.

“Desde o ano passado estamos solicitando as melhorias na avenida, não somente a duplicação, como também a drenagem do local e a iluminação, para garantir o acesso e a segurança dos moradores do entorno. Que bom que depois de quase três anos esse ‘filho’ vai nascer”, brinca Medina.

A pavimentação em blocos de concreto, drenagem, sinalização, iluminação e ciclovia da Avenida Ernesto Neugebauer, no Humaitá, têm duração prevista de sete meses, e o investimento orçado é de R$ 11 milhões.

Também participaram do ato, os Conselheiros Municipais do Plano Diretor da Região 2, Gabriel André Teixeira Machado e Adroaldo Venturini.

49719583_377766702996297_5320308463526477824_n

 

APROVADO PROJETO QUE PRIORIZA MATRÍCULAS A FILHOS DE PCD E IDOSOS

Foi aprovado na manhã desta quinta-feira (20), o projeto de autoria do vereador Alvoni Medina, que assegura à prioridade de vaga em unidade da rede pública de ensino, mais próxima de sua residência, à criança e ao adolescente cujos pais ou responsáveis sejam pessoas com deficiência ou pessoas idosas.

Tendo em vista que Porto Alegre conta com um número expressivo de pessoas com deficiência (23,87% da população), e idosos já somam 15%, essa iniciativa de inserir os filhos ou tutelados, no rol de prioridades a serem atendidas na rede pública de educação, visa minimizar as dificuldades relacionadas ao deslocamento e acessibilidade.

“O projeto não tem como objetivo criar vagas, mas tão somente organizá-las. Pensamos no coletivo quando propomos algo neste sentido. Sabemos da dificuldade de locomoção das pessoas com deficiência e idosos e enxergamos a importância de ações como essa, para garantir o acesso à educação na rede pública, para essas crianças e adolescentes”, afirma o proponente.

Sessão Extraordiária

(Foto: Giulia Secco/CMPA)

 

VISITA A ALDEIA INFANTIL SOS DE PORTO ALEGRE

O vereador Alvoni Medina, realizou uma visita cortesia na Aldeias Infantis SOS no Brasil, de Porto Alegre. A ocasião serviu para o parlamentar acompanhar o trabalho realizado na cidade e também para conhecer as instalações do local.

Recebido pelo gestor do local, Eneas Pereira e pela assistente social, Caroline, Medina conheceu um pouco do trabalho desenvolvido pela entidade e aproveitou para destacar a importância deste projeto. “Com certeza muda a vida de muitas crianças, seja na promoção de direitos, ou no cuidado básico com a vida da criança e do imigrante”, afirma.

A primeira Casa Lar de Porto Alegre foi lançada no dia 14 de Outubro de 1967, hoje o projeto conta com 44 imigrantes venezuelanos, que estão na Capital gaúcha em busca de melhores condições de vida e emprego. A ALDEIAS INFANTIS SOS BRASIL atua oferecendo serviços diretos básicos, desenvolvimento de competências e promoção, defesa e garantia de direitos.

Segundo o gestor, Eneas Palmeira que está há 14 anos na Aldeias Infantis SOS Brasil, “Trabalhar como gestor é um desafio a cada dia, porque nós temos que estar sempre prontos para as dificuldades que se apresentam, mas ao mesmo tempo, é muito estimulador. O combustível do sucesso sempre foi o desafio.“, destaca.

WhatsApp Image 2018-12-11 at 13.10.30

ACESSIBILIDADE EM DESTAQUE NO PROJETO DO MOBILIÁRIO URBANO

Na tarde desta segunda-feira (10), está sendo votado o projeto do Mobiliário Urbano, na Câmara Municipal de Porto Alegre. Na ocasião, foi aprovada uma emenda de autoria do vereador Alvoni Medina, que visa atender as normas técnicas da ABNT NBR 9050, sobre acessibilidade do desenho universal.

Também foi aprovada a emenda conjunta dos vereadores da bancada do PRB, Alvoni Medina e José Freitas, que assegura o acesso das pessoas com deficiência, idosos, gestantes e obesos, à cidade e aos serviços urbanos.

As proposições, aprovadas de forma unanime, foram elaboradas através de um grupo de trabalho técnico organizado pela Frente Parlamentar dos Direitos das Pessoas com Deficiência, com representantes de diversas entidades que atuam na causa.

“Entende-se que, no momento em que vamos falar de acessibilidade, precisamos obedecer as normas técnicas, que existem para facilitar e garantir o direito à acessibilidade universal”, destaca Medina.

Giulia Secco

(Foto: Giulia Secco/CMPA)

 

COMITIVA APRESENTA RESULTADOS DA PRÉ-CONFERÊNCIA DO IDOSO

 A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, juntamente com o Conselho Municipal do Idoso – COMUI, promoveu o encontro para apresentar os principais levantamentos realizados e que serão debatidos na Conferência, que acontece no dia 10 de dezembro, na Assembleia Legislativa.

De acordo com a representante da Comissão Organizadora da Conferência Municipal da Pessoa Idosa,  Eleonora Spinato, haverá um número significativo de demandas que são da última conferência e que ainda não estão sendo executadas no município de Porto Alegre. “Dividimos as pré-conferências em 4 eixos e através deles colhemos dados relevantes para as novas solicitações e identificamos o que já foi solicitado e até o momento não foi cumprido”, afirma.

Para o presidente da Frente Parlamentar, vereador Alvoni Medina, é importante a abertura destes espaços para tratar da temática do idoso. Segundo o legislador, “Não podemos cruzar nossos braços e fingir que não estamos olhando o que está faltando acontecer para a tornar a legislação da pessoa idosa mais eficaz no município de Porto Alegre.”

O deputado estadual, Sérgio Peres, que atua na causa da pessoa idosa na Assembleia Legislativa do RS, esteve presente na atividade e destacou a importância destes grupos de trabalho, para a promoção de políticas públicas para as pessoas da terceira idade e colocou seu gabinete à disposição, no que for necessário para ampliar essas políticas.

Além da apresentação dos resultados, a consultora representante do Itaú, Aline Néglia, falou da construção do Planejamento Estratégico do Conselho, que vem sendo debatido periodicamente com diversas entidades ligadas à causa.

Também estiveram presentes na reunião, a presidente do Conselho Municipal do Idoso – Comui, Leci Matos, a delegada titular da delegacia do idoso, Larissa Fajardo, a representante do Poder Judiciário, procuradora Clarissa Lima, a diretora de Direitos Humanos da prefeitura, Jaqueline Kalakun, a agente de fiscalização do trânsito e transporte da coordenação de educação e mobilidade da EPTC, Luciana Farias Pereira, representando a coordenadoria da Pessoa Idosa na prefeitura, Silvio Leal, representando a secretaria municipal de educação, Célia Trevisan, representando o Instituto de Diretrizes da PUC, professor Ângelo Bos e representantes de vereadores.

DSC_0034

(Foto: Daniel Nascente)

 

CARTILHA EM BRAILLE É ENTREGUE NA FEIRA DO LIVRO

 

Representantes da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul – ACERGS, da União de Cegos do Rio Grande do Sul – UCERGS, da Associação de Cegos Louis Braille – ACELB, e da Federação de Cegos e para Cegos – FREC, entidades que atuam na causa da pessoa com deficiência visual, receberam na tarde desta sexta-feira (09), um exemplar em braille da Cartilha do Idoso “Conheça seus Direitos”, distribuída pelo vereador Alvoni Medina, na Feira do Livro, em Porto Alegre.

A entrega aconteceu no Espaço da Acessibilidade, em parceria com o Instituto Atlas Biosocial, através da Deise Zanin.

Emocionado, o parlamentar não esconde a alegria ao observar as pessoas com deficiência visual lendo o material em braille. “É muito legal a maneira como eles conseguem ler com a ponta dos dedos, fico muito contente de poder entregar este material em diversas versões, com acesso para todos”, afirma.

A cartilha foi desenvolvida pela equipe do gabinete do vereador Alvoni Medina e sua versão em braillefoi realizada pela Faders Acessibilidade e Inclusão.

Também estiveram presentes no ato a coordenadora de acessibilidade da Faders Acessibilidade e Inclusão, Ana Flavia Beckel Rigueira, o presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência –  COMDEPA, Nelson Kalil, representantes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esportes, e o representante da Universidade Luterana do Brasil – ULBRA, Paulo Fernando Soares Pires.  

CONSELHO DE SAÚDE DO POSTO BARÃO DE BAGÉ PEDE PAZ

Em virtude do assalto sofrido no último dia 24, membros do Conselho Local de Saúde, órgão gestor do posto, realizaram caminhada pela paz, no início da tarde desta quarta-feira (07).

Convidado por moradores do bairro, o vereador Alvoni Medina (PRB) se fez presente durante o percurso e afirmou que como representante do povo na Câmara de Porto Alegre, não pode aceitar que a comunidade a qual atua, seja ameaçada.

De acordo com o dentista da Unidade de Saúde, Victor Fontanive, o objetivo da caminhada é de “promover a cultura da paz na cidade como um todo, fortalecendo a segurança na região”. Ainda, segundo Victor, após o fato do dia 24, cerca de 6 funcionários foram afastados de suas atividades.

Segundo o capitão Rocha, do 11° Batalhão de Polícia Militar (BPM), responsável pelo policiamento da região, a Brigada Militar e a Guarda Municipal intensificaram a ronda no local.

Cerca de 40 pessoas se fizeram presentes na Caminhada pela Paz.

WhatsApp Image 2018-11-07 at 15.45.06

(Por: Roberta Brum MTB 19355/RS)

CARTILHA EM BRAILLE É ENTREGUE PARA CEGOS IDOSOS

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, entregou na manhã desta terça-feira (31), a Cartilha do Idoso, material produzido em braille, para os cegos idosos da Casa Lar do Cego Idoso e Federação de Cegos e Para Cegos – FREC, em Porto Alegre.

Em parceria com a Faders Acessibilidade e Inclusão, a Cartilha do Idoso foi destinada para 10 residentes do lar, os quais são alfabetizados em braile. Durante o ato de entrega, o vereador Alvoni Medina emocionou-se ao acompanhar a leitura tátil dos agraciados. “É incrível a forma que eles conseguem ler com a ponta dos dedos.”, exalta Medina.

A iniciativa se deu através de uma conversa com o presidente da Federação de Cegos e Para Cegos, Odilon Souza, o qual destacou a importância da Cartilha do Idoso para os deficientes visuais da terceira idade. Foram destinadas 25 unidades, para encaminhamento a todas às entidades ligadas a Federação no Estado.

O material também será entregue para a Associação de Cegos do Rio Grande do Sul – ACERGS e União de Cegos do Rio Grande do Sul – UCERGS.

8A711B44-2969-426D-B523-6226C6C3A003

OFICINA PARA IDOSOS

Na manhã do último sábado (27), a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, promoveu em parceria com o grupo Força Jovem Universal RS a oficina “Aprenda a usar seu Smartphone”.

A atividade entre o gabinete e o grupo se deu através de uma solicitação de idosos, apoiadores do mandato do vereador, que mencionaram suas dificuldades na hora de enviarem mensagens em seus smartphones.

“Eles tentavam nos encaminhar demandas, mas tinham que vir até o gabinete, pois não conseguiam enviar sozinhos fotos e documentos. Pensando em facilitar a vida das pessoas da terceira idade é que propomos essa parceria ao grupo Força Jovem Universal, para uma oficina prática de Facebook e WhatsApp.”, destaca Medina.

Na ocasião, os instrutores Ricardo Isoton Carvalho, Luiza Merljak Zan e Patrícia Moreira, ensinaram a um grupo de senhoras da terceira idade desde a instalação até funcionalidades mais avançadas dos aplicativos mobile Facebook e WhatsApp.

A iniciativa foi mais uma atividade alusiva ao mês do idoso.

IMG_4514.jpg

COMISSÃO APONTA PRINCIPAIS FALHAS DE ACESSIBILIDADE EM PORTO ALEGRE

Na manhã desta sexta-feira (17), a Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, presidida pelo vereador Alvoni Medina, reuniu-se com entidades e representantes de diversos órgãos do executivo, para tratar sobre a falta de acessibilidade na mobilidade urbana no município de Porto Alegre.

A iniciativa se deu através de uma solicitação da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul – ACERGS, presidida por Gilberto Kemer, a qual apresentou um documento informando as condições precárias de acessibilidade em muitas vias públicas de Porto Alegre. Barreiras urbanísticas, calçadas mal conservadas, passeios públicos indevidamente ocupados, entre outros apontamentos, foram apresentados em ofício assinado por quatro entidades ligadas à causa da pessoa com deficiência visual e pelo Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência – COMDEPA.

De acordo com o vereador Alvoni Medina, esse é um dos temas que tem preocupado a todos. “Observamos as dificuldades que as pessoas com deficiência encontram ao circularem pelas vias de Porto Alegre. Por isso, nos reunimos mais uma vez para levarmos estas considerações ao nosso prefeito, pois é inadmissível que estes indivíduos continuem enfrentando esta realidade.”, afirma.

Durante a reunião, foram feitos diversos os apontamentos, por parte dos participantes. Após as colocações de todos que compunham a mesa de trabalho, ficou acertado que será criado um grupo técnico de trabalho para criar uma emenda no projeto de atualização da legislação do mobiliário urbano, de autoria da Comissão Especial para Tratar do Mobiliário Urbano, presidida pelo vereador Andre Carús. Também serão sugeridas ao executivo, capacitações sobre a legislação da pessoa com deficiência, principalmente Lei Brasileira de Inclusão – LBI, criada em 2015. Foi sugerida a criação de um projeto que determina a participação dos conselhos municipais em todas as novas atividades e construções de uso público, para que se tenha um parecer técnico e garantir a acessibilidade arquitetônica.

APONTAMENTOS:

Vereador Alvoni Medina – O presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, destacou as vistorias que já foram realizadas em três locais diferentes da Cidade, que foram as Obras da Avenida Osvaldo Aranha, o entorno e interior do Mercado Público e Camelódromo.

Gilberto Kemer, Presidente da Acergs – Apontou diversas as barreiras que as pessoas com deficiência visual enfrentam pela cidade, como calçadas com buracos, degraus, postes, cabines telefônicas sem sinalização prévia, além de toldos no espaço aéreo. Afirmou também que, muito se fala em barreiras arquitetônicas, mas pouco trata-se das barreiras atitudinais. Sugeriu a disponibilização de 1% da verba publicitária do município, para a divulgação dos direitos das pessoas com deficiência.

Odilon Souza, Presidente da Frec – Ressaltou a importância da complementação do plano diretor da acessibilidade, para que ele remeta todos os âmbitos que competem as pessoas com deficiência.

Vereador André Carús – Falou do projeto de autoria Comissão Especial para Tratar do Mobiliário Urbano, a qual foi presidente, que dispõe da atualização sobre o mobiliário urbano de Porto Alegre, o qual está tramitando pelas comissões da Casa Legislativa e sugeriu aos presentes que seja construída uma emenda, para que o projeto possa contemplar com maior clareza às pessoas com deficiência que residem na capital.

Nelson Kalil, Presidente do Comdepa – Apontou os acidentes que as pessoas com deficiência sofrem diariamente em Porto Alegre, por conta dos buracos nas calçadas e dos obstáculos existentes em meio ao passeio público. Reforçou também que os motoristas de ônibus não respeitam a Lei 8890/2012, que assegura às pessoas com deficiência o direito do embarque e desembarque fora dos pontos de paradas de ônibus.

Vereador José Freitas – Mencionou os projetos de sua autoria, em prol das pessoas com deficiência e destacou a importância do aviso sonoro dentro dos ônibus, como forma de orientar as pessoas cegas em quais paradas estão, conforme já acontece em outras cidades do Brasil. Sugeriu ainda que, o executivo se encarregue de cuidar de todas as calçadas, para torna-las padrão dentro do município.

Rotechild Prestes, Presidente do Coepede – Indagou os presentes com a seguinte pergunta: Com vamos resolver os problemas das pessoas com deficiência? Destacou também que “promover a saúde da pessoa com deficiência é transitar por uma cidade mais acessível”.

Jorge Heleno Brasil, Diretor de Acessibilidade – Destacou a importância de consolidar a legislação voltada às pessoas com deficiência, em Porto Alegre. Mencionou que muito se investe em melhorias, porém, não há efetivo suficiente para fiscalizar ou liberar obras arquitetônicas. Afirmou ainda, que está sendo desenvolvido o plano municipal da pessoa com deficiência, que não existe no município de Porto Alegre.

Flávio Tumelero, Gerente de Planejamento e Transporte da EPTC – Salientou a importância de participar destes encontros e absorver informações que possam agregar ao trabalho da Empresa Pública de Transporte e Circulação. Informou que, sempre é realizado seminários e cursos para motoristas e cobradores,a fim de  capacitar estes profissionais para lidarem com pessoas idosas e pessoas com deficiência.

IMG_3812.jpg

MEDINA LANÇA CARTILHA DO IDOSO

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, lançou na tarde desta quinta-feira (04), a Cartilha do Idoso. O material traz informações sobre o Estatuto do Idoso, além de projetos e leis de autoria própria.

Aproveitando o período de comunicação da Sessão Ordinária da Câmara de Porto Alegre, no qual prestou homenagem ao Dia do Idoso, o vereador fez o lançamento oficial da cartilha. A iniciativa tem como objetivo levar informação para todos os idosos, detalhando seus direitos em diversas áreas, como saúde, trabalho, educação e acolhimento.

“Sentimos a necessidade de ampliar a informação sobre os direitos dos nossos idosos, por isso, criamos a Cartilha do Idoso, que serve de orientação para as pessoas da terceira idade que ainda possuem incertezas sobre os seus direitos”, destaca Medina.

Estiveram presentes no lançamento, integrantes do Conselho Municipal do Idoso – Comui, representantes de entidades ligadas à causa da pessoa idosa e pessoa com deficiência e sociedade civil em geral.

O material pode ser adquirido sem nenhum custo direto no gabinete do vereador, que fica na avenida Loureiro da Silva, 255 sala 205, Centro de Porto Alegre, ou acessado através do link.

Lançamento Cartilha

JOGOS PARA A TERCEIRA IDADE

Na manhã desta terça-feira (02), o vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, participou da abertura oficial da 17° Edição dos Jogos Municipais da Terceira Idade, no Ginásio Tesourinha, em Porto Alegre.

A atividade que acontece desde 2002, é promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte, através da Diretoria de Esportes (Diresp) e integra a programação do mês do Idoso em Porto Alegre.

Além do Câmbio, que conta com nove times, outras modalidades também são oferecidas, como o Mexe Mexe, Jogo de Damas, Xadrex e Dominó, as quais estimulam o raciocínio e trabalham com a memória das pessoas da terceira idade.

A abertura foi marcada pela reivindicação dos grupos sobre a permanência dos professores de educação física, junto a rede de atenção ao idoso em Porto Alegre. Durante o ato, a Secretária de Desenvolvimento Social e Esportes, Denise Russo, garantiu a permanência destes profissionais e suas atividades.

Segundo Medina, essas atividades de integração servem para garantir maior autonomia da pessoa idosa. “Enquanto poder público, precisamos assegurar estes direitos, pois as pessoas da terceira idade não podem perder essas atividades que agregam tanto em suas vidas.”, afirma.

Também estiveram presentes na abertura o diretor de esportes da Secretaria Municipal de Desenvolvimento e Esporte, Celso Piaseski, o representante do Conselho Municipal do Idoso – COMUI, João Paulo Giacomoni, os grupos Ramiro Souto (Redenção), Ceprima, Cecores, Parque Ararigbóia, Ginásio Tesourinha e Sesc, além de professores da rede.

IMG_2892(Por: Roberta Brum)

DOMINGUEIRA DO CEREPAL

No início da tarde do último domingo (23), o vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, participou juntamente com o deputado federal, Carlos Gomes, da Domingueira do Cerepal – Centro de Reabilitação de Porto Alegre.

O evento, que contou com o apoio do vereador, tinha como objetivo arrecadar fundos para custear as melhorias da instituição. “É sempre bom poder ajudar nesta causa tão nobre. Sabemos que as instituições pouco arrecadam para custear suas reformas, então estes eventos servem para angariar os valores necessários para as reformas e demais investimentos das entidades”, afirma Medina.

Dentre as atrações, o Coral do Cerepal deu um show com uma emocionante apresentação.

42551953_265672934060858_1625501549369229312_n(Foto: Aline Puthin)

PRÉ-CONFERÊNCIA DO IDOSO INICIA EM PORTO ALEGRE

Efetivação de Políticas, Enfrentamento da Violação dos Direitos da Pessoa Idosa e Implementação de Políticas Públicas, são esses três eixos que compõem a Pré-Conferência dos Direitos da Pessoa Idosa, realizada em 16 regiões de Porto Alegre, que iniciou na tarde da última segunda-feira (17), na Região Sul e Centro Sul e vai até o dia 19 de setembro.

A iniciativa, organizada pelo Conselho Municipal do Idoso de Porto Alegre – COMUI, tem como tema “Os desafios de envelhecer no século XXI e o papel das Políticas Públicas”.

A carta de Porto Alegre, obtida na última Conferência, em 2013, serve como base para as novas reivindicações. Através do que foi abordado há 05 anos, está sendo discutido o que evoluiu no âmbito da assistência social, moradia, saúde, transporte e educação. As novas solicitações serão apresentadas na Conferência, dia 10 de Dezembro, no Teatro Dante Barone.

De acordo com a coordenadora da atividade, Eleonora Spinato, este é um espaço de diálogo sobre como é envelhecer em Porto Alegre e as necessidades de cada bairro. “Conferir políticas do município e apontar aos gestores as melhorias necessárias para que sejam inseridas em seu planejamento”, afirma.

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, é um dos apoiadores do evento. “Creio que dar voz para os idosos, ao debater essas temáticas, é entender o epicentro do problema de forma clara e juntos encontrarmos as soluções,” afirma Medina.

Durante a tarde, os participantes foram separados em sub-eixos, onde definiram quais serão os apontamentos das demandas identificadas e que serão debatidas lá em Dezembro.

41970968_332558034180934_1276796431667036160_n

CASA LAR DO CEGO IDOSO COMPLETA 18 ANOS

No último domingo (2/9), a Casa Lar do Cego Idoso comemorou os 18 anos de existência. Pioneira no segmento, o departamento faz parte da Associação dos de Cegos Louis Braille – ACELB, instituição sem fins lucrativos.

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, esteve presente no almoço alusivo aos 18 anos da Casa Lar.

“Me sinto em casa quando estou aqui com os nossos idosos. Continuaremos lutando pelo direito dos nossos idosos e pelo repasse para a Casa Lar do Cego Idoso, para garantir o atendimento aos idosos de nível três (3)”, afirma Medina.

Também estiveram presentes ao presidente da Acelb, Emir Roberto da Silva, e o vice-presidente José Luiz Rosa Krupp, além dos moradores da associação.

WhatsApp Image 2018-09-02 at 14.54.28(Foto: Samanta Mota)

EVENTO REUNIU CENTENAS DE JOVENS EM CANOAS

A Força Jovem Universal Gaúcha – grupo de jovens da Igreja Universal do Reino de Deus, realizou o evento “Saiba Dizer Não” (SDN), no Parcão em Canoas, no último domingo, 2 de Setembro.

O vereador Alvoni Medina, esteve presente para prestigiar as atividades desenvolvidas durante o ato.

O “Saiba Dizer Não” é realizado anualmente, sempre com o objetivo de mostrar aos jovens de diversas idades que é possível dizer “não” quando o assunto for drogas, suicídio e formas de mutilação. Através da fé, os participantes são instigados a fazerem escolhas adequadas, que afetam todas as áreas da vida.

Segundo Medina, essa realização é de extrema valia para os jovens. “Através deste grupo e das ações que são realizadas, é possível prevenir muitos casos de mutilação, suicídio e até combater a drogadição entre os jovens”, destaca o vereador.

DSC_0018(Foto: Daniel Nascente)

MEDINA PRESTIGIA ABERTURA DA II ExpoTAI

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência, esteve presente na abertura da II Exposição de Tecnologia Assistiva e Inclusão em Canoas, na manhã da última quinta-feira (23/08).

O evento, promovido pela Faders – Acessibilidade e Inclusão em parceria com a Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos (SDSTJDH) e com a Ulbra, é uma das atividades alusivas a Semana Estadual da Pessoa com Deficiência.

“Fiquei encantado com a exposição, espaço amplo, que dá visibilidade para as entidades, além de ser um ponto de encontro de diversas instituições, sobre as temáticas ligadas à causa das pessoas com deficiência”, afirma Medina.

Os eixos temáticos que compõem a programação da feira são diversos, entre Cultura, de valorização da produção artística feito por/para/sobre pessoas com deficiência; Paradesporto, e Associações, de integração e de trocas de experiências entre pessoas que trabalham em benefício das pessoas com deficiência.

A exposição vai até sábado (25), às 17h, e tem entrada franca. Fica localizada no prédio 16 do campus da Ulbra, em Canoas.

IMG_1155(Foto: Roberta Brum)

PASTORES RECEBEM TÍTULO DE CIDADÃO DE PORTO ALEGRE

Na tarde da última sexta-feira (17/8), o deputado federal Carlos Gomes e o deputado estadual, Sergio Peres, receberam outorga do título de Cidadão de Porto Alegre, proposta pelo vereador Alvoni Medina, em Sessão Solene na Câmara Municipal de Porto Alegre. A honraria teve como objetivo, parabenizar aos agentes políticos pelos projetos voltados a população gaúcha.

Durante o ato, o proponente da homenagem, vereador Medina, resgatou a história de ambos os deputados, que antes de se inserirem na política, foram pastores da Igreja Universal do Reino de Deus, sendo referenciados através das iniciativas em prol da comunidade cristã.

Na política, atuam nas áreas da segurança, saúde, educação e de inclusão social, ampliando a participação gaúcha junto a Assembleia Legislativa e a Câmara Federal.

A cerimônia contou com a participação de familiares, amigos e apoiadores dos homenageados, além do representante do Comando do 5º Distrito Naval, Luciano Peres de Novais, e o presidente do Secovi RS, Moacyr Shukster.

EDE_5387.jpg(Foto: Ederson Nunes/CMPA)

PROJETO PREVÊ CRIAÇÃO DO CENTRO DE REFERÊNCIA DO CENTRO DO IDOSO

O Vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, protocolou um projeto de indicação ao executivo que dispõe da criação do Centro de Referência à Pessoa Idosa, no município de Porto Alegre.

De acordo com a proposta, o Centro de Referência tem o intuito de fornecer atividades e mecanismos para que seja proporcionada a defesa da dignidade e bem-estar, prevenção de doenças, integração e participação ativa na comunidade.

Anteriormente, a Câmara Municipal de Porto Alegre já havia aprovado uma emenda que destinava R$ 250 mil, da Lei Orçamentaria Anual, para a criação deste espaço, conforme proposição de Medina.

“Insisto na construção deste centro, pois, conforme reuniões que realizamos através da Frente do Idoso com diversos os grupos de convivência, Porto Alegre precisa de um local de maior atenção para a população idosa.”, afirma o proponente.

DSC_0083(Foto: Daniel Nascente)

MEDINA QUER FACILITAR O ACESSO AO TRABALHO PARA MAIORES DE 50 ANOS

Projeto de autoria do vereador Alvoni Medina prevê inserção de pessoas acima de 50 anos no mercado de trabalho

Tramita na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, o projeto de lei 064/18, de autoria do vereador Alvoni Medina, que estabelece o “Projeto Porto Alegre 50+”, com o intuito de facilitar o acesso ao mercado de trabalho para pessoas acima dos 50 anos.

De acordo com o texto da proposição, fica designada a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Esporte – SMDSE, especificamente dentro da estrutura do Sistema Nacional de Empregos – SINE, implementar o Projeto “Porto Alegre 50+” e promover a reintegração, através de um sistema de cotas, destes indivíduos ao mercado de trabalho.

Medina acredita que o projeto venha agregar junto a estrutura já existente na SMDSE. “A iniciativa visa fomentar a responsabilidade social de reinserir os maiores de 50 anos sem onerar a Prefeitura Municipal de Porto Alegre.”, afirma o vereador.

50+.jpeg

FRENTE DO IDOSO MEDIA REUNIÃO SOBRE REPASSES ATRASADOS ÀS ENTIDADES

Há quase um ano, 03 entidades que trabalham com pessoas idosas em situação de vulnerabilidade social, não recebem repasse do executivo de Porto Alegre. A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, foi procurada por representantes da Sociedade Porto-Alegrense de Auxílio aos Necessitados (SPANN), Associação de Cegos Louis Braille (Acelb) e Asilo Gustavo Nordlund, para uma reunião extraordinária sobre as dificuldades financeiras que vêm enfrentando com a falta do dinheiro. O debate aconteceu na manhã desta segunda-feira (25), na Câmara de Vereadores, em Porto Alegre.

Totalizando 54 vagas para idosos com dificuldade grau 3 (indivíduos com menor incidência de atividades diárias, totalmente dependentes), estas instituições alegam “que a fonte de recursos está se esgotando”, gerando dificuldades nas entidades como um todo.

De acordo com José Vargas, representante do Asilo Gustavo Nordlund, não se pode abrir mão dos direitos dos idosos que já se encontram nessas instituições. “Somos cobrados e fiscalizados, precisamos estar dentro das normas e tudo isso tem custo, ainda mais com o idoso de grau 3, que triplica referente ao idoso de grau 1.”, afirma.

As instituições vêm utilizando de verbas próprias para arcar com as necessidades encontradas, porém, conforme a representante do Fórum do Idoso, Dalva Franco, não foram essas as medidas assinadas no edital junto ao poder público. “O executivo não teve responsabilidade com este acordo”, garante.

Estas entidades existem para garantir o mínimo de políticas públicas para as pessoas idosas, entretanto, “não conseguimos oferecer tudo o que é necessário para estes atendimentos, se não temos verba”, alega Tatiane Neu da Acelb.

O vereador Alvoni Medina demonstrou certa preocupação com a falta desses repasses as entidades. “Vamos entrar em contato com o nosso prefeito Nelson Marchezan Junior e com o Secretário da Fazenda, Leonardo Busatto, para entender o que está acontecendo para atrasar tanto a destinação desta verba”, exalta Medina.

A Secretaria da Fazenda, representada por Mario de Lima, informou que ainda nesta semana serão chamadas as 03 entidades para uma “transição” destes idosos até que seja possível encontrar uma solução para os repasses financeiros.

Ficou definida durante a reunião, que será realizada uma nova agenda, desta vez, contando com a presença direta do prefeito e do secretário da fazenda.

Também estiveram presentes na reunião, o vereador Dr. Goulart, o presidente da SPAAN, Geraldo Sander, o representante da Secretaria Municipal de Relações Institucionais, Carlos Simões, o fundador da Acelb, Odilon Souza, assessores de diversos vereadores da Câmara Municipal e sociedade civil em geral.

DSC_0085(Foto: Daniel Nascente)

MEDINA CONHECE INSTALAÇÕES DA KINDER

Na última sexta-feira (15), o vereador Alvoni Medina, visitou a instituição Kinder – Centro de Integração da Criança Especial, entidade a qual trabalha com crianças e adolescentes de 0 a 24 anos, com deficiências múltiplas.

A visita, guiada pela Gerente de Desenvolvimento Institucional, Melissa Maestri, foi mais uma ação promovida pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência. De acordo com o presidente da Frente, vereador Alvoni Medina, “a ideia é sair de dentro da Câmara e visitar as entidades que atuam na causa, para entendermos as necessidades de cada instituição e viabilizarmos ações para ajudar estes órgãos”, destaca Medina.

Hoje, a Kinder tem em torno de 300 atendidos ao mês, entre escola e serviço de reabilitação. Todos com custo zero ao paciente e aos familiares. Conforme Melissa, o maior impasse que a instituição enfrenta é a falta de recursos, a instituição tem um custo fixo mensal de R$ 200 mil e os repasses da prefeitura não chegam a 30% do valor necessário.

São desenvolvidas diversas atividades para arrecadação de fundos, uma delas, é a locação do auditório, espaço climatizado, que conta com 180 lugares e pode ser reservado para eventos, através do número (51) 3354-4700.

Ainda, de acordo com Melissa, 80% das famílias atendidas são de baixa renda, por isso, a instituição arrecada doações de alimentos não perecíveis, para confecção de cestas básicas que são entregues a estas famílias. Para ajudar, basta entrar em contato com a instituição pelo telefone (51) 3354-4700 ou diretorexecutivo@kinder.org.br .

Visita Kinder

(Foto: Roberta Brum)

LEGISLATIVO APROVA TÍTULO À DEPUTADOS GAÚCHOS

Na tarde desta quarta-feira (30), a Câmara Municipal de Porto Alegre, aprovou os projetos 0648/18 e 0493/18, que concedem “Título de Cidadão de Porto Alegre”, ao deputado estadual, Sergio Peres e ao deputado federal, Carlos Gomes, respectivamente, ambos de autoria do vereador Alvoni Medina.

A iniciativa do legislador, de conceder o título aos deputados gaúchos, se deu através do trabalho que os parlamentares desenvolvem, tanto na Assembleia do RS, quanto na Câmara Federal, sobre a política da pessoa idosa e da pessoa com deficiência, além de outros temas defendidos.

Para Medina, os dois deputados servem de exemplo, ao lidarem com tamanho zelo das mesmas bandeiras em que atuam (pessoas idosas e pessoas com deficiência). “É preciso reconhecer o trabalho destes nobres seres, que lutam bravamente pelos direitos daqueles que aos olhos da sociedade são os menos favorecidos. Por isso, concedo esta homenagem aos amigos deputados, que se engajam na condução de boas políticas aos idosos e às pessoas com deficiência.”, afirma o vereador.

Sergio Peres – O patrulhense Sergio Peres, assumiu seu primeiro mandato como deputado estadual de 2002 a 2006, sendo reconduzido ao parlamento gaúcho pela população no pleito de 2014. Dentro e fora da Câmara Federal, tem pautado sua conduta na transparência e na honra aos compromissos assumidos com o setor da saúde, da segurança pública, da acessibilidade, da educação, do acesso ao trabalho e da inclusão social.

Carlos Gomes – Filho de pequenos agricultores, Antonio Carlos Gomes da Silva nasceu há 45 anos na cidade de Saúde (Bahia), em uma família de 11 irmãos. Para ajudar no orçamento da casa, exerceu, entre o fim da infância, a adolescência e a juventude as atividades de catador, padeiro, vendedor ambulante e office-boy. Atualmente, é membro titular da Comissão de Seguridade Social e Família; da Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e da Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência.

deputados e dona cela

FRENTE DO IDOSO VISITA CDI NA ZONA NORTE

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, presidida pelo vereador Alvoni Medina, reuniu-se com o Centro do Idoso – CDI Zona Norte, na manhã desta sexta-feira (25), para conhecer o trabalho desenvolvido pelo grupo e acolher as demandas voltadas à terceira idade.

O espaço existe há 15 anos e foi viabilizado através da verba do orçamento participativo. Atualmente, conta com um grupo de 30 pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, que recebem atendimento especializado, para idosos em situação de risco e/ou violação de direitos com atendimento de equipe multidisciplinar. Também oportuniza oficinas de cultura, lazer, educação física e alimentação balanceada. 50% dos atendidos têm vulnerabilidade social e a outra metade recebe amparo da família.

Durante o encontro, o vereador Alvoni Medina, ouviu diversos relatos emocionados, dos idosos atendidos, como é o caso da dona Ilda dos Santos, 68 anos, que entrou no CDI em 2012, sofria de depressão e problemas de saúde. Morou durante alguns anos na rua e por conta disso, usava drogas. Hoje, a sua realidade é outra. No grupo, ela encontrou uma nova família.

Para Medina, esses grupos de apoio e atendimento aos idosos são essenciais ao suporte para as pessoas que chegam na terceira idade, muitas vezes desamparadas. O vereador, antes de ser eleito, trabalhou anos com idosos, por isso carrega consigo a bandeira da terceira idade.

Também entrou na pauta da reunião, a possível extinção da Fundação de Assistência e Cidadania – FASC, e o medo da coordenadora do CDI, Maristela, sobre os demais grupos de idosos da reunião, que no total, somam 250 pessoas atendidas.

(Foto: Aline Puthin Machado)

MEDINA DOA 30 MIL TAMPINHAS AO EDUCANDÁRIO SÃO JOÃO BATISTA

Na manhã desta sexta-feira (18), o vereador Alvoni Medina, fez a doação de 30 mil tampas plásticas a Escola Especial e Centro de Reabilitação Educandário São João Batista.

Guiado pela relações públicas da instituição, Priscila Gauto, o presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, aproveitou a visita para conhecer melhor a história e as instalações do local.

A instituição é a quarta beneficiada com as tampas plásticas que o gabinete do vereador Alvoni Medina vem arrecadando desde o início deste ano.

O Educandário São João Batista é uma instituição filantrópica, criada em setembro de 1939, para atender à época, crianças portadoras de poliomielite. Hoje, a entidade atende crianças de 0 a 21 anos, com deficiências múltiplas, atuando com recursos oriundos de ações sociais e donativos disponibilizados pela sociedade civil.

Mensalmente, a instituição tem um custo de R$ 100 mil reais, e costuma se manter através de doações de pessoas físicas e jurídicas. Para suprir todas as necessidades que o local enfrenta, são realizadas ações entre amigos, festividades e a campanha de coleta de tampinhas, no qual a instituição é líder no ranking de arrecadação.

Interessados em contribuir com recursos financeiros ou donativos podem obter mais informações pelo telefone (51) 3246-5655 ou pelo e-mail comunicacao@educandario.org.br

Entrega Educandário 18_05

(Foto: Roberta Brum)

COMITIVA AVALIA SITUAÇÃO DE OBRA PARADA

Na tarde desta sexta-feira (11), o vereador Alvoni Medina, foi até a obra parada da Avenida Ernesto Neugebauer, para vistoria do local, juntamente com o Secretario de Infraestrutura e Mobilidade Urbana, Luciano Marcantônio, o Supervisor da Divisão de Obras Viárias, engenheiro Alexandre Carvalho e o engenheiro Sérgio Amaro, o representante do Conselho Municipal do Plano Diretor da Região 2, Gabriel André Teixeira Machado, comunidade da Vilas Santo Antônio e Ferroviária e moradores do entorno.

Atendendo a demanda da comunidade, ficou acertado entre as partes que até terça-feira (15), será dada uma posição sobre as ações preventivas que serão realizadas como o patrolamento da rua, para nivelar o local e deixar viável o trânsito para ônibus, remover os lixos que estão acumulados e melhorar a iluminação.

De acordo com o secretário Marcantônio, será feito o máximo possível para amenizar o prejuízo que está sendo causado para a comunidade.Preocupado com a insegurança que diariamente afeta a vida da comunidade que vive nas margens da avenida, o vereador Alvoni Medina, afirma que vai fiscalizar para saber se o serviço prometido será realizado dentro do prazo estipulado. “É direito do cidadão ter mais segurança para entrar e sair de sua própria casa. O que será feito, será para melhorar um pouco a vida destes moradores.”

No segundo semestre de 2018, reinicia as obras da avenida, financiada com a verba já enviada especificamente para a implementação do Transporte Rápido por Ônibus (BRT, sigla em inglês). O conserto terá duração de 12 meses.

PEDIDO DE PROVIDÊNCIA SOBRE OBRA NA AV. ERNESTO NEUGEBAUER

Na tarde da última sexta-feira (04), o vereador Alvoni Medina, reuniu-se com o secretário de infraestrutura e mobilidade urbana, Luciano Marcantônio, para tratar das obras paradas na avenida Ernesto Neugebauer, bairro Humaitá.

Na ocasião, Medina mostrou um vídeo, gravado na última visita que fizestes à comunidade, para que o secretário observasse o tamanho do problema que os moradores do entorno vêm enfrentando desde que a construção fora suspensa. “Além da buraqueira que está, é perigoso para os moradores, pois os carros estão passando por cima das calçadas, para fugir das crateras que se abriram no local.”, afirma Medina.

A previsão do retorno da obra está para julho, mas conforme o secretário, os órgãos responsáveis estão correndo contra o tempo para que esse prazo seja antecipado.

Ficou acertado entre Medina e Marcantônio, uma vistoria no local, na sexta-feira, dia 11 de maio, a partir das 15 horas, para que os engenheiros da secretaria possam estimar o tamanho que a demanda se encontra.

Participaram da reunião o representante do Conselho Municipal do Plano Diretor da Região 2, Gabriel André Teixeira Machado e moradores da localidade: Márcia, Juracir, André, Flávio e Maria.

(Foto: Roberta Brum)

MAIS SEGURANÇA AOS MOTORISTAS DE APLICATIVOS

Na tarde desta quarta-feira (18/04), durante a Sessão Plenária na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, foi aprovada a Emenda 27 do PLE 2036/2017, de minha autoria, que disponibiliza ao condutor a localização inicial do usuário e seu destino final no momento da solicitação do serviço antes do aceite pelo motorista.

Aclamado pelos motoristas que lotaram as galerias do Plenário Otávio Rocha, o vereador Alvoni Medina, destacou que o principal objetivo é a segurança, sendo à vida o bem maior. “Após ser procurado pelos representantes dos motoristas, vimos a importância de trazer esta emenda que tem como objetivo a prevenção e a segurança”, acrescenta o vereador.

Já o representante da Comissão dos Motoristas, Marcos Vinícius, salientou que a Emenda 27 era de suma importância à categoria. “Infelizmente esse anonimato dos destinos gera impunidade, e a aprovação desta emenda vai trazer mais tranquilidade aos motoristas”, explica ele.

PROJETO – Aprovado o projeto de lei do Executivo que regulamenta a legislação sobre os serviços de transporte individual de passageiros por aplicativos na Capital. O texto principal recebeu 37 emendas, das quais 16 foram aprovadas, e oito subemendas, sendo quatro delas aprovadas. O projeto teve 24 votos favoráveis e um contrário. A votação da matéria havia sido iniciada no dia 4 de abril.

Confira as emendas e sub-emendas e sua votação:

  • Emenda nº 01 – Retirada
  • Emenda nº 02 – Aprovada – identidade visual dos veículos consistirá de elementos discretos no interior, para fins de reconhecimento
  • Emenda nº 03 – Rejeitada
  • Emenda nº 04 – Aprovada – Permite a condução de veículo cadastrado por até duas pessoas diferentes daquela cadastrada.
  • Subemenda nº 01 – Rejeitada
  • Emenda nº 05 – Aprovada – Retira a exigência do emplacamento em Porto Alegre.
  • Subemenda nº 01 – Retirada
  • Emenda nº 06 – Rejeitada
  • Emenda nº 07 – Aprovada – Define que a Taxa de Gerenciamento Operacional (TGO) a ser cobrada será no valor de 0,025 (zero vírgula zero vinte e cinco) Unidade Financeira Municipal (UFM) por viagem realizada por intermédio da autorizatária de transporte motorizado privado e remunerado de passageiros, até o limite mensal equivalente a 20 (vinte) Unidades Financeiras. Municipais (UFMs) por veículo cadastrado.”
  • Emenda nº 08 – Aprovada – Disponibiliza aos condutores a forma de pagamento quando receber a chamada, cartão ou dinheiro. Exige que os condutores apresentem , previamente ao seu cadastrmento, a indicação de que forma receberá pela corrida efetuada.
  • Subemenda nº 01 – Aprovada – Permite pagamento em cartão de débito/crédito. E exclui o segundo parágrafo da emenda nº 8.
  • Emenda nº 09 – Aprovada – Caberá ao Excutivo disponibilizar pontos de embarque e desembarque em locais de grande ciruculação como órgãos públicos, universidades, shoppings e hospitais, entre outros.
  • Subemenda nº 01 – Retirada
  • Subemenda nº 02 – Aprovada – A implantação destas áreas ficará condicionada a necessidade e disponibilidade de área para isso nos locais designados na Emenda 9.
  • Emenda nº 10 – Retirada
  • Emenda nº 11 – Aprovada – Obriga a existência na cidade de sede física do aplicativo para atendimento de usuários e motoristas.
  • Emenda nº 12 – Rejeitada
  • Emenda nº 13 – Aprovada – Deve ser disponibilizada ferramenta que permita a comunicação expressa e via áudio entre condutor e usuário, para localização do veículo, viabilizando o uso do serviço por portadores de deficiência visual ou auditiva.
  • Emenda nº 14 – Retirada
  • Emenda nº 15 – Retirada
  • Emenda nº 16 – Retirada
  • Emenda nº 17 – Retirada
  • Emenda nº 18 – Prejudicada pela aprovação da emenda nº 8
  • Emenda nº 19 – Aprovada – O serviço será prestado apenas por meio de aplicativos, e a idade máxima do veículo será de até 10 anos de uso.
  • Subemenda nº 1 – Aprovada – Os usuários que pagam o serviço por meio de dinheiro ou cartão pré-pago devem incluir, no seu cadastro junto ao aplicativo, documento de identificação civil e fotografia atualizada.
  • Emenda nº 20 – Aprovada – Disponibiliza ao usuário a identificação do condutor, por meio de foto, e do veículo, por meio do modelo, cor e do número da placa.
  • Emenda nº 21 – Aprovada –  Estabelece que o veículo seja emplacado no Rio Grande do Sul.
  • Subemenda nº 1  Rejeitada
  • Emenda nº 22 – Aprovada – Autorizatária fica obrigada, para completar o serviço de usuário, que este, se optar pelo pagamento em dinheiro, remeta sua foto por celular.
  • Emenda nº 23 – Retirada
  • Emenda nº 24 – Aprovada – Autorizatária fica obrigada, para completar o serviço de usuário, que este, se optar pelo pagamento em dinheiro, forneça seu CPF.
  • Emenda nº 25 – Rejeitada
  • Emenda n° 26 – Retirada
  • Emenda n° 27 – Aprovada – Inclui a localização do usuário por aplicativo no momento da corrida.
  • Emenda nº 28 – Aprovada – Inclui  o registro  por nome e foto, sendo vedada a divulgação de outros dados pessoais.
  • Subemenda nº 01 – Aprovada – Os usuários que optarem pela forma de pagamento em cartão pré-prago ou dinheiro deverão incluir no momento do cadastramento por internet documento de identificação e foto atualizada.
  • Emenda nº 29 – Rejeitada
  • Emenda nº 30 – Aprovada – Prevê que a Taxa de Gerenciamento Operacional (TGO) será recolhida mensalmente à EPTC oriunda da cota parte da empresa autorizatária, ficando o condutor do veículo dispensado desta despesa.
  • Emenda nº 31 – Rejeitada
  • Emenda nº 32 – Rejeitada
  • Emenda nº 33 – Rejeitada
  • Subemenda nº 01 –  Rejeitada
  • Emenda nº 34 – Aprovada – Prevê que as autorizatárias devem disponibilizar ao motorista ferramenta que possibilite a realização da denúncia e o cancelamento da viagem em casos onde se configure a ocorrência de atividades destinadas a exploração sexual de crianças e adolescentes e a comercialização e uso de entorpecentes. Também fica vedado qualquer prejuízo na avaliação, bem como suspensão ou punição de outra natureza ao motorista que reportar tal justificativa como motivo do cancelamento da viagem.
  • Emenda nº 35 – Rejeitada 
  • Emenda nº 36 – Rejeitada 
  • Emenda nº 37 – Rejeitada

Depois de concluída a votação do projeto, das emendas e das subemendas, o texto passará pela redação final na Diretoria Legislativa da Câmara Municipal. Após esse processo, que não tem data para ser concluído, a matéria será enviada para a sanção do prefeito, que terá 15 dias para se manifestar sobre a mesma.

WhatsApp Image 2018-04-18 at 18.54.34

(Foto: Aline Puthin)

PROJETO “NAMORO BLINDADO NAS ESCOLAS”

Crianças e adolescentes em idade escolar cada vez mais têm acesso a uma variedade temática de informação, principalmente por meio de dispositivos eletrônicos usados diariamente. Porém, no dia a dia, pouco se aborda o assunto vida amorosa para jovens nessa fase.

E pensando nisso, foi apresentado ao secretário municipal de Educação de Porto Alegre, Prof. Dr. Adriano Naves de Brito, o Projeto “Namoro Blindado nas Escolas”. A iniciativa foi exposta pelo coordenador do projeto no Rio Grande do Sul, Miguel Farias, e acompanhada pelo vereador Alvoni Medina (PRB).

O projeto conta com uma equipe que visita instituições de ensino e realiza uma palestra direcionada a alunos do fundamental e médio, com o intuito de orientar os jovens a como lidar com as expectativas, medos, dúvidas e qualquer assunto pertinente aos relacionamentos na juventude.

O projeto também é uma ferramenta de estímulo a leitura, uma vez que durante as palestras são distribuídos exemplares do livro a cada um dos participantes.

Durante a reunião, o secretário de Educação, Prof. Dr. Adriano Naves de Brito, salientou sobre o projeto e sua aplicação nas escolas. “O projeto parece interessante, pois demonstra também trabalhar com a inteligência emocional da juventude, e para sua aplicação devemos inseri-lo no planejamento da escola, sempre buscando a realidade de cada comunidade escolar”, enfatizou.

O vereador Alvoni Medina (PRB), que também integra a Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) da Câmara de Vereadores de Porto Alegre, destacou outro objetivo deste projeto voltado aos jovens. “Ainda, o objetivo deste projeto é ajudar os jovens a viver uma relação de verdade, olho no olho, frente a frente, uma vez que, a maioria deles só tem contato com as redes sociais e relacionamentos virtuais”, disse Medina.

WhatsApp Image 2018-04-17 at 11.11.15

(Foto: Aline Puthin)

ONG CAMINHADORES RECEBE DOAÇÃO DE 20 MIL TAMPINHAS

O presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, vereador Alvoni Medina (PRB), destinou 20 mil tampas plásticas, que vem sendo arrecadadas pelo gabinete, à ONG Caminhadores que também desenvolve a Campanha Tampinha Legal.

De acordo com o presidente da Ong Caminhadores, Rotechild Prestes, a base da campanha Tampinha Legal tem como objetivo a aquisição de BIKEPARK para as pessoas com deficiência, além de auxiliar no financiamento de ações de lazer como Praia Para Todos, Piqueniques, Jogos Adaptados, Eventos Culturais, Acampamentos Inclusivos e tantas outas atividades que contribuirão com a melhora na qualidade de vida das pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.

“Sabemos das dificuldades financeiras que essas entidades enfrentam para viabilizar alguns projetos e ações, e então decidimos ajudar de alguma forma. Se torna automático separar esses materiais para a doação. Estamos ajudando o meio ambiente e essas instituições”, destaca Medina.

CAMPANHA

A arrecadação começou no início de fevereiro e até agora já foram contabilizadas mais de 100 mil tampas plásticas. A iniciativa tem como objetivo ajudar instituições ligadas à causa da pessoa com deficiência, que através da reciclagem destes materiais, revertem fundos para as entidades.

O gabinete do vereador Alvoni Medina seguirá arrecadando tampinhas de garrafas e lacres de latinha, para o Cerepal, Ong Caminhadores e outras associações. As doações podem ser feitas na avenida Loureiro da Silva, 255 – sala 205, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18 horas.

DSC_0005

 (Foto: Daniel Nascente)

COMUNIDADE DO MENINO DEUS DEMONSTRA PREOCUPAÇÃO COM O FUTURO DO CETE

A Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Juventude (Cece) esteve na tarde desta terça-feira (10/4) no Centro Estadual de Treinamento Esportivo (Cete), para se inteirar das condições estruturais do local e conversar com a comunidade a respeito da possível construção de uma unidade do Corpo de Bombeiros naquele espaço. O vereador Alvoni Medina (PRB), integrante da Cece, acompanhou a visita juntamente com os vereadores Tarciso Flecha Negra (PSD), Reginaldo Pujol (DEM), Cassiá Carpes (PP) e Sofia Cavedon (PT).

Uma proposta apresentada pela Brigada Militar à Câmara Municipal, que trata da instalação do Corpo de Bombeiros no Cete, gera desconforto nos frequentadores da área. A articulação depende da venda do Ginásio da Brigada Militar e do local em que se situam a escola e o comando do Corpo de Bombeiros.

Para o presidente da Associação de Moradores do Bairro Menino Deus, José Paulo Barros, essa mudança reduziria ou acabaria com o espaço esportivo para a comunidade. “Segurança é educação; esporte é educação”, ressaltou. Barros reclamou da falta de comunicação do poder público com a população, indagando sobre o andamento da questão e solicitando uma audiência pública junto ao governador José Ivo Sartori.

O diretor do Centro Estadual de Treinamento Esportivo (CETE), Ernani Campelo, disse que o Centro não tem posicionamento sobre a situação por enquanto, visto que, segundo ele, não há nenhum documento ou projeto de construção oficialmente apresentado. Para ele, não há problema em dividir o espaço com o Corpo de Bombeiros, já que a área é pública. “Quanto mais for utilizada, melhor vai cumprir seu propósito”, afirmou.

O vereador Alvoni Medina (PRB), destacou a importância do local para a comunidade, e também para grupos e entidades ligadas a pessoa idosa e as pessoas com deficiência que utilizam as áreas do Cete. “Sabemos da importância das práticas esportivas para o desenvolvimento, estilo de vida saudável, convivência e inclusão”, ressaltou Medina. Atualmente, o local atende cerca de 20 modalidades esportivas e recebe em torno de três mil pessoas ao dia que realizam atividades físicas.

Por fim, a comissão comprometeu-se em buscar informações a respeito do andamento do projeto, de modo a informar a comunidade e inibir  que decisões sejam tomadas sem o conhecimento da população do bairro Menino Deus. Além disso, buscará pautar o assunto na agenda do governador do Estado.

DSC_0015.JPG

 (Foto: Daniel Nascente)

MUTIRÃO DE SERVIÇOS REVITALIZA PRAÇA 11 DE DEZEMBRO NO BAIRRO SARANDI

Neste sábado (07), ocorreu a 34ª edição do Mutirão Eu Faço Poa na Praça 11 de Dezembro, com participação da equipe da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos e do gabinete do vereador Alvoni Medina. O local foi revitalizado com serviços de limpeza, varrição, corte de vegetação, pintura de mobiliário e de meio-fio, podas e levantamento de copas de árvores, além da revisão da iluminação pública.

O pedido de providência foi solicitado pelos moradores do bairro que frequentam diariamente a praça, por meio do gabinete do vereador Alvoni Medina. O parlamentar abraçou o projeto de revitalização do local e mobilizou sua equipe para ajudar na pintura dos bancos e brinquedos. “É muito satisfatório ver o resultado destas ações, pois atrai novamente a comunidade a utilizar a praça, proporcionando momentos de lazer”, disse o vereador Alvoni Medina

“O 34º mutirão Eu Faço POA foi mais uma demonstração de que podemos sim colocar a mão na massa, descruzar os braços e cuidar da nossa cidade, buscando fazer juntos uma Porto Alegre melhor”, também afirmou o secretário Municipal de Serviços Urbanos, Ramiro Rosário que acompanhou a atividade durante toda a manhã.

A iniciativa da Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (SMSUrb), por meio do pedido de providências do vereador Alvoni Medina, contou também com a parceria de moradores do bairro Sarandi.

DSC_0044

(Foto: Daniel Nascente)

MEDINA ENTREGA 20 MIL TAMPAS AO CEREPAL

O vereador Alvoni Medina, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, destinou 20 mil tampas plásticas, que vem sendo arrecadadas pelo gabinete, ao Centro de Reabilitação de Porto Alegre – Cerepal, na manhã desta quarta-feira (14).

A iniciativa de arrecadar tampas e lacres se deu através de uma conversa do vereador com a coordenadora da instituição, Rosana Rosso.  A entidade faz a separação dos itens por cor e a higienização das mesmas, depois repassa aos recicladores, que pagam em média R$ 1,00 por quilo, de cores misturadas e até R$ 1,80, o quilo de tampinhas de uma única cor. O dinheiro será utilizado para a criação de um jardim de inverno, com espaço terapêutico, para os adultos, atendidos pelo SUS, na instituição.

“Sabemos das dificuldades financeiras que esses espaços enfrentam e então decidimos ajudar de alguma forma. Se torna automático separar esses materiais para a doação. Estamos ajudando o meio ambiente e essas instituições”, destaca Medina.

O gabinete do vereador Alvoni Medina seguirá arrecadando tampinhas de garrafas e lacres de latinha, para o Cerepal e outras associações. As doações podem ser feitas na avenida Loureiro da Silva, 255 – sala 205, de segunda a sexta-feira, das 08h30 às 18 horas.

004

 (Foto: Daniel Nascente)

VEREADOR ALVONI MEDINA VISITA ESCOLA NA ZONA LESTE

Na tarde desta terça-feira (27), o vereador Alvoni Medina, juntamente com os demais integrantes da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (CECE), os vereadores Reginaldo Pujol, Sofia Cavedon e Tarciso Flecha Negra, visitaram as instalações da Escola Estadual de Ensino Fundamental Prof. Léa Rosa Cecchini Brum.

Durante a visita, a diretora do local, Lúcia Kretiska Araújo, mencionou que ainda estão no aguardo da conclusão da contraprestação da Rossi, referente a nova sede da escola, tratada juntamente com o governo do estado no ano de 2002. Afirmou que a revitalização da praça, a criação do centro esportivo e a ponte já foram executadas e seguem no aguardo da obra da instituição.

O vereador Alvoni Medina interagiu com os alunos e colocou o seu gabinete à disposição da diretora, para ajudar nos encaminhamentos e esclarecimentos junto ao executivo.

001 (1)

(Foto: Daniel Nascente)

MEDINA REPRESENTA O LEGISLATIVO DE PORTO ALEGRE EM ATO NA ILHA DA PINTADA

Na manhã desta quinta-feira (15), o vereador Alvoni Medina, representou a Câmara de Porto Alegre, no Ato de Entrega de Obra de Infraestrutura e Pavimentação da Rua Nossa Senhora da Boa Viagem, no bairro Ilha da Pintada.

A ação foi demandada pelo Orçamento Participativo e contemplada com recursos do CAF.

Também estiveram presentes o prefeito em exercício, Gustavo Paim, o deputado estadual Maurício Dziedricki, o secretário municipal de infraestrutura e mobilidade urbana, Elizandro Sabino, o representante da comunidade e Orçamento Participativo, Ali Domingos e demais moradores da região.

A entrega da obra representa muito para a comunidade. Depois de anos aguardando, os moradores terão mais dignidade e segurança no local.

WhatsApp Image 2018-02-15 at 09.26.31
(Foto: Aline Puthin Machado)

PROBLEMAS DE ACESSIBILIDADE SÃO VISTORIADOS EM PRINCIPAL VIA DE PORTO ALEGRE

A falta de piso podotátil, o nivelamento da travessia, a ausência de sinaleiras sonoras e a falta de gradil, foram alguns pontos avaliados na manhã desta terça-feira (06), na visita técnica da acessibilidade, promovida pela Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, presidida pelo vereador Alvoni Medina, na avenida Osvaldo Aranha. Entre os presentes, estiveram representantes do executivo, do Governo do Estado, do Ministério Público do RS e entidades ligadas à causa da Pessoa com Deficiência.

A visita iniciou nas proximidades do Instituto de Educação e se estendeu até o corredor de ônibus que fica na frente do auditório Araújo Viana. Durante o percurso, os representantes das entidades ligadas às pessoas com deficiência visual e física, apontaram “erros” na obra, destacaram como principal problema a retirada do meio-fio, impossibilitando que a pessoa cega caminhe com autonomia, de forma segura pelo local.

Preocupado com a situação, que já foi tema de outras reuniões da frente parlamentar junto à Câmara de Vereadores, o vereador Alvoni Medina, se mostrou bastante apreensivo com a falta de direcionamento na travessia, o legislador se coloca no lugar dessas pessoas e afirma que ficaria “temeroso” por estar arriscando a própria vida, devido à falta de meio-fio. “Antes das obras serem finalizadas, é necessária uma fiscalização, para prevenir possíveis acidentes nesta via de grande movimento”, menciona Medina. A antiga travessia, aos olhos das entidades e legislativo, era mais segura do que a atual.

O presidente da Faders Acessibilidade e Inclusão, Roque Bakof, percebe que há necessidade de colocação de pisos podotátil direcional, pois as pessoas cegas não conseguem interpretar de forma clara onde começa e termina a “pista” dos ônibus e também há apontamentos na área da acessibilidade arquitetônica, para as pessoas com mobilidade reduzida.

O deputado estadual pelo PRB, Sergio Peres, destaca que o tempo das sinaleiras na travessia é muito curto, tornando insegura a passagem dos pedestres, em especial das pessoas com deficiência visual e cadeirantes.

Para o arquiteto do Ministério Público Estadual, André Huyer, a visita técnica foi muito ilustrativa, “precisamos aprender muito, pois nem tudo o que é bom para o cadeirante serve para o deficiente visual. O trabalho deve ser construído entre todos os poderes e expor o pré-projeto aos interessados”, afirma o arquiteto. Huyer acredita que na própria execução dos trabalhos da melhoria apresentam algumas falhas que devem ser revistas pela empresa contratada e principalmente pelo órgão contratante.

O diretor de acessibilidade de Porto Alegre, Gabriel Alban, juntamente com a arquiteta da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Mobilidade, Gislaine Silva e a representante da EPTC, Vanessa Schein, chegaram ao final da visita técnica e afirmaram que às obras foram vistoriadas e correspondem as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).O gabinete do vereador Alvoni Medina vai encaminhar um relatório da visita aos órgãos competentes, para que sejam feitos os devidos encaminhamentos e soluções.

Também estiveram presentes o diretor administrativo da Faders Acessibilidade e Inclusão, Romário Cruz, a coordenadora de acessibilidade da fundação, Ana Flavia Beckel, o coordenador de Políticas para Pessoas com Deficiência da Secretaria do Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Adilso Corlassoli, a secretária do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência (COEPEDE), Jussara Müller de Assis, os representantes do executivo, Matheus Ayres e Pedro Van Helden,  o vice-presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência (COMDEPA), Odilon Souza, o conselheiro do Comdepa, Nelson Lopes, o representante da União dos Cegos do Rio Grande do Sul (UCERGS), Francis Guimarães, o representante da Associação de Cegos do Rio Grande do Sul (ACERGS), Altair Fagundes e o vereador do município de Cachoeirinha, Duda Keller.

DSC_0173(Foto: Daniel Nascente)

FRENTE PARLAMENTAR VISTORIA OBRAS DA AV. OSVALDO ARANHA

A Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, presidida pelo vereador Alvoni Medina, vai realizar uma visita técnica de acessibilidade nas obras da avenida Osvaldo Aranha, em Porto Alegre, no dia 06 de fevereiro, a partir das 10 horas. A caminhada, que terá participação de representantes do executivo, legislativo, Faders Acessibilidade e Inclusão, Ministério Público Estadual, entidades ligadas à causa e sociedade civil em geral, tem como objetivo avaliar as questões de acessibilidade que já foram levantadas pela frente em reuniões anteriores.

As entidades voltadas às pessoas com deficiência, alegam que foram colocados gradis junto às calçadas, impossibilitando a locomoção com segurança de cadeirantes e pessoas com deficiência visual, aumentando o número de fatalidades.

A visita originará um documento encaminhado ao executivo, após as avaliações técnicas das entidades juntamente com o Ministério Público Estadual.

convite visita técnica

VEREADOR MEDINA RECEBE LÍDER COMUNITÁRIO DO JARDIM IPIRANGA

 Na tarde da última segunda-feira (22), o vereador Alvoni Medina, recebeu a visita do presidente da Associação dos Moradores do bairro Jardim Ipiranga, Adroaldo Venturini, para tratar das demandas e diversas solicitações dos moradores da região.

Durante o encontro, Venturini – também presidente do Clube Literário Jardim Ipiranga, apresentou as demandas do bairro e pediu apoio ao legislador, para que a comunidade, juntamente com o legislativo possam encontrar soluções viáveis a todos.

Medina salientou a importância desta aproximação com as comunidades e afirmou que as portas do gabinete estão sempre abertas para receber as lideranças e demais moradores dos bairros. “Trabalhamos com diversos canais de diálogo, para alinhar ainda mais nossa participação na construção de uma cidade melhor habitável para todos os porto-alegrenses.”, afirma o vereador.

DSC_0021-1(Foto: Daniel Nascente)

ABERTURA DO II FÓRUM MUNDIAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Na manhã da última terça-feira (23), o vereador Alvoni Medina, representou a Câmara de Vereadores na abertura do II Fórum Mundial da Pessoa com Deficiência, juntamente com o presidente da Faders Acessibiidade e Inclusão, Roque Bakof, a Presidente do Conselho Municipal das Pessoas com Deficiência, Liza Cenci, a Secretária de Desenvolvimento Social e Esporte, interina, Denise Russo, a Coordenadora do Conselho Municipal de Saúde de Porto Alegre, Mirtha Zencker, a Auditora Fiscal do Trabalho, Ana Costa, o Presidente do Conselho Estadual da Pessoa com Deficiência – COEPEDE, Rotechild Prestes, e o Presidente do Instituto Amigos do Fórum Social Mundial de Porto Alegre, Lélio Falcão.

Presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, o legislador reafirmou seu compromisso com as entidades ligadas à causa e se colocou à disposição, na construção de políticas públicas para as pessoas com deficiência e garantia dos seus direitos. “Permanecemos na luta por uma cidade onde os direitos adquiridos sejam de fato concretizados, não só na questão da acessibilidade arquitetônica, mas também atitudinal”, afirma Medina.

As atividades do fórum acontecem do dia 22 a 26 de janeiro e a programação completa pode ser conferida através do site: www.fsm.org.br .

Sem título-2(Foto: Roberta Brum)
PRAIA ACESSÍVEL CONTEMPLA 15 MUNICÍPIOS DOS LITORAIS NORTE E SUL
Na tarde da quarta-feira (03), o vereador Alvoni Medina, e a supervisora de gabinete, Aline Puthin, receberam a visita da equipe de comunicação da Faders Acessibilidade e Inclusão, João Pedro de Souza e Janaina Michalski, que apresentaram materiais do projeto Praia Acessível, o qual o parlamentar apoia a divulgação.
A iniciativa – que integra o programa Verão Para Todos, desenvolvido no estado do Rio Grande do Sul, desde 2015 -, tem como objetivo tornar acessível o banho de mar para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida. São disponibilizados equipamentos e tecnologia para que esses indivíduos usufruam da praia com segurança e dignidade. Este ano, serão 15 municípios dos litorais norte e sul que contemplarão a ação, com cadeiras anfíbias para o banho assistido.
Para Medina, esses projetos que a fundação desenvolve em prol das pessoas com deficiência, devem ser apoiados e divulgados. “Só vamos conseguir uma sociedade mais inclusiva, se conseguirmos promover em todos os espaços públicos a acessibilidade necessária para cada tipo de particularidade”, afirma o vereador.
DSC_0004-1.jpg(Foto: Daniel Nascente)

REQUISIÇÃO DE PEQUENOS VALORES É APROVADO NA CÂMARA DE VEREADORES

Aprovado na tarde desta quarta-feira (20), o projeto de lei do legislativo de autoria do Vereador Alvoni Medina, que assegura prioridade para o pagamento das obrigações de pequeno valor, às pessoas com idade igual ou superior a 60 anos, no município de Porto Alegre.

De acordo com o projeto, os créditos às obrigações de pequeno valor não ficam sujeitos ao regime de precatórios e devem ser pagos mediante depósito judicial, dentro do prazo legal, contado da data em que for protocolada a requisição expedida pelo juízo da execução, observada a ordem de apresentação na Procuradoria Geral do Município.

Para Medina, a aprovação do projeto é uma vitória para a população idosa, que hoje representa mais de 240 mil dos habitantes de Porto Alegre. “Os idosos não podem esperar até o fim da vida por esses valores que não representam quase nada nas contas públicas, mas que são direitos já adquiridos dessa categoria”, afirma o vereador.

IMG_0357(Foto: Roberta Brum)

MEDINA TEM QUATRO EMENDAS APROVADAS NA LEI ORÇAMENTARIA ANUAL

Na tarde desta segunda-feira (04), o vereador Alvoni Medina teve quatro emendas aprovadas na Lei Orçamentaria Anual (LOA), que está em votação na Câmara de Vereadores.

As emendas de número 72 e 73 tratam da manutenção de equipamentos de praças e parques. A revisão 72 consiste na criação de um “cachorródromo”, na Praça Wolfgang Klaus Sopher, no Bairro Jardim Itu-Sabará. Já a número 73 trata da instalação de academia híbrida ao ar livre na Praça Lampadosa, bairro Sarandi.

“É importante investir em espaços de uso coletivo, para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos de Porto Alegre, como é o caso da academia híbrida”, afirma Medina.

Outras duas emendas aprovadas estão relacionadas à saúde da pessoa idosa, como a Criação do Centro de Referência do Idoso e a Unidade Básica de Saúde para a pessoa idosa.

Ao total, as quatro emendas somam um montante equivalente a R$ 540 mil, dentro do orçamento do município.

Sessão Ordinária(Foto: Henrique Bregão/CMPA)