PRIMEIRO SEMINÁRIO RARO É REALIZADO EM PORTO ALEGRE

A Câmara Municipal de Porto Alegre, sediou na manhã desta terça – feira (05/10), no Plenário Ana Terra, o primeiro Seminário “Bate Papo Raro”, sobre pessoas com deficiência auditiva. A ação foi promovida pela Frente Parlamentar dos Direitos da Pessoa com Deficiência, juntamente com a Associação de Crianças e Adolescentes Surdos do Rio Grande do Sul (ACAS – RS).

O evento teve objetivo oportunizar um espaço de reflexão, formação e discussão sobre os novos tempos e desafios de realidades vividas, promovendo um pensamento que se aproxima de ações inclusivas e acessíveis.

Durante a abertura, do ato o presidente da Frente Parlamentar dos Direitos da Pessoa com Deficiência, vereador Alvoni Medina (REP), destacou a importância do diálogo sobre o tema. “O objetivo deste evento é fazer uma reflexão e propor um debate sobre os direitos e a luta pela inclusão das pessoas com deficiência auditiva na sociedade”, afirmou Medina.

O evento abrangeu palestras sobre diferentes temas, como saúde, segurança e empoderamento surdo. Também contou com a presença da diretora do departamento de políticas temáticas dos direitos da pessoa com deficiência do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Priscilla Gaspar, que deixou sua mensagem. “Penso que nós temos que desenvolver mais acessibilidade, embora já tenhamos alguns avanços. Nossa maior luta é em relação ao respeito às pessoas com deficiência, a sociedade ainda precisa se conscientizar mais”, destacou Priscilla.

Para a presidente da Associação de Crianças e Adolescente Surdo do Rio Grande, é um privilégio fazer parte deste evento. “ Nosso Papo é Raro, pois dificilmente, alguém abre espaço para que falemos, todos somos raros, pois somos diferentes. Buscamos por meio deste seminário promover reflexões para desenvolver ações mais inclusivas”, salientou Carla.

Também participaram do seminário, o médico pediatra, doutor Marcos Ariel Gedoz, a coordenadora do Ministério Adventista das Possibilidades para a União Sul Brasileira, Kátia Quadros, a responsável pela delegacia de combate à intolerância, Andrea Mattos, a jornalista e militante na causa surda e idealizadora do projeto CNH em todas as categorias para os surdos, Raquel Moreno, a presidente da Comissão dos Direitos da Pessoa com Deficiência OAB / RS, Jaqueline Dippe e o Presidente do Comdepa, Nelson Kalil.

Foto: Cleiton Pereira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s