ATIVIDADES CULTURAIS E ESPORTIVAS NOS BAIRROS SARANDI E RESTINGA MARCAM O DIA DO IDOSO EM PORTO ALEGRE.

O Dia Mundial do Idoso foi comemorado, nesta sexta-feira, com uma série de serviços na Associação dos Moradores das Vilas Elizabeth e Parque (Amvep), no bairro Sarandi, na zona Norte de Porto Alegre. Os idosos participaram da vacinação contra Covid-19, de atividades culturais e esportivas, do brechó solidário e de informações sobre envelhecimento saudável. As ações fazem parte da programação do Mês do Idoso em Porto Alegre, com uma ação integrada da prefeitura.

Uma das atrações do evento foi a presença do “vovô Azulito”, da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), que incentivava a vacinação. O coral de idosos do grupo Calebe realizou uma apresentação onde cantou as músicas “As Tecelãs” e “Deus me Levanta”. Os idosos realizaram ainda uma sessão de alongamento e uma partida de câmbio na quadra da associação.

A atividade contou com o apoio das secretarias de Desenvolvimento Social, Saúde, Esporte, Lazer e Juventude e da Cultura. O evento foi realizado em parceria com a Associação de Moradores da Vila Elizabeth e Parque e com a Frente Parlamentar em Defesa da Pessoa Idosa. O Mês do Idoso integra o calendário de datas comemorativas de Porto Alegre, por meio da lei 12.220 de fevereiro de 2017.

Atividades ocorrem na Restinga neste domingo

No domingo, dia 3 de outubro, um evento com as mesmas atividades vai movimentar a Esplanada da Restinga, na avenida João Antônio Silveira, das 9h às 13h. Os dois locais foram definidos para incentivar a aplicação de vacinas contra a Covid-19 tanto para quem está na faixa etária da terceira dose (70 anos ou mais) como para quem ainda não conseguiu tomar a primeira ou a segunda aplicação.

O coordenador dos Direitos do Idoso da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (SMDS), Raphael Ramalho, afirmou que a retomada de atividades é um marco para a faixa etária mais afetada pela pandemia. “Este mês sempre reforça o protagonismo da pessoa idosa. Neste ano temos o objetivo de intensificar a vacinação contra Covid-19 e conscientizar os familiares e amigos sobre a necessidade de tomar todas as doses, além de intensificar as informações sobre os direitos dos idosos”, explica Ramalho.

Fonte: Correio do Povo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s