A LUTA POR UMA FROTA MAIS ACESSÍVEL

Em média mais de 250 mil deficientes físicos, disputam o serviço de 48 táxis acessíveis em Porto Alegre. Esse foi o tema da reunião realizada em formato online nesta terça – feira (13-04), pela Comissão de Defesa do Consumidor, Direitos Humanos e Segurança Urbana (Cedecondh).
O encontro foi presidido pelo vereador Alexandre Bobadra (PSL), e proposta pelo Presidente da Frente em Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência, vereador Alvoni Medina (Republicanos), atendendo um pedido da Federação Riograndense de Entidades de Deficientes Físicos (FREDEF).

Durante a reunião, entidades, taxistas e representantes da Empresa Pública de Transporte e Circulação de Porto Alegre (EPTC), debateram as debilidades da acessibilidade nos táxis da capital e a eficiência do serviço.

Desde de 2019, o vereador Alvoni Medina vem intermediando junto aos órgãos responsáveis alternativas para resolver a questão da acessibilidade nos veículos. “Nosso objetivo é encontrar soluções eficazes para resolver este tema”, afirma Medina.

Para o presidente do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Porto Alegre, COMDEPA, Nelson Khalil, diz que a situação dos táxis em Porto Alegre é complexa, é importante conversar sobre o tema. “Precisamos criar maneiras para que os taxistas sejam remunerados e dessa forma nos atender com mais qualidade”, citou Nelson.

Segundo Arilton Cardoso, Presidente da Associação dos Táxis Acessíveis, a maior dificuldade atualmente para ampliar a frota de carros acessíveis, é o custo para manter o veículo adequado. ” Infelizmente muitos colegas desistem de oferecer o serviço, pelo alto custo de manter um veículo adaptado”, declara Arilton.

De acordo com o Secretário da Associação dos Táxis Acessíveis de Porto Alegre, Orion Santo, atualmente são 48 carros trabalhando na capital, somente 19 estão ligados na Associação. ” Portanto 29 estão fora daquilo que disponibilizamos aos PCDs, que são App e Call Center. Fizemos uma série de requerimentos a EPTC para centralizar um ponto para os Táxis Acessíveis e desta forma atender mais pessoas, mas não tivemos o retorno”, afirmou Orion.

Já para o representante da Federação Riograndense De Entidades de Deficientes Físicos (FREDEF), Luciano Bittencourt, é preciso solucionar o problema da acessibilidade nos táxis de uma forma mais objetiva. “Sugiro um canal de comunicação direta entre o usuário e o motorista, para que fique registrado os taxistas que mais realizam esse tipo de trabalho”, citou Luciano.

O gerente de controle da operação de transporte da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC), Luciano Souto, pontuou que antes da chegada do transporte por aplicativo em Porto Alegre, a expectativa para o aumento da frota para os veículos com acessibilidade tinha uma margem positiva, após esse evento muitos motoristas optaram em deixar a profissão.” Este novo cenário apresentou mudanças na categoria e também existe uma questão legislativa que não permite a EPTC , obrigatoriedade de cadastrar todos os motoristas para prestar um serviço de qualidade”, afirmou Souto

O Vereador Alvoni Medina finalizou a reunião, sugerindo que seja elaborado um ofício pelos vereadores da Cedecondh, e seja enviado ao prefeito Sebastião Melo, com as sugestões apresentadas na reunião. Desta forma agendar uma reunião técnica entre a Prefeitura, a EPTC, e vereadores da comissão, para buscar uma maneira de melhor atender aos usuários dos táxis acessíveis.

Também participaram da reunião, o presidente da comissão, vereador Alexandre Bobadra (PSL), o vice Kaká D’Ávila (PSDB), o vereador Matheus Gomes (PSOL), e as vereadoras Reginete Bispo (PT), Monical Leal (PP), além do Coordenador de Acessibilidade e Inclusão Social, Adilson Corlassoli, Sebástian Bonatto, Advogado da EPTC e Josiane França, representante do Movimento Nacional das PCDS.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s