COMISSÃO DEBATE CANDIDATURA DO BRASIL PARA TERCEIRA ASSEMBLEIA MUNDIAL SOBRE ENVELHECIMENTO

Com encaminhamento do deputado federal Ossesio Silva (Republicanos – PE), a Câmara Federal realizou nesta sexta-feira (09/04), de forma virtual, uma audiência pública, para debater a candidatura do Brasil para sediar a terceira Assembleia Mundial sobre o Envelhecimento, prevista para ocorrer em 2022.

O deputado ressalta que o Brasil é um país alinhado com a realidade do envelhecimento populacional. “Uma nação que lidera o desenvolvimento da temática do idoso nas esferas internacionais e nacionais, que contribuem para sediar a assembleia”, avaliou o deputado.


O presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos dos Idosos da Câmara Municipal de Porto Alegre, vereador Alvoni Medina (Republicanos), também participou da ação e ressaltou que os idosos precisam de pessoas que defendem suas causas. ” O Brasil está entre os 18 países que se reuniram em junho de 2017, na intergovernamental sobre envelhecimento na américa latina e caribe – Assunção, Paraguay. Estamos nessa luta em sediar terceira Assembleia Mundial sobre Envelhecimento, pois entendemos que esta assembleia vai de encontro aos direitos dos idosos que não estão sendo respeitados. Temos que debater mais sobre o envelhecimento, afinal, temos pessoas que merecem esse respeito, pois já fizeram muito. Nós estamos indo para este mesmo caminho e queremos envelhecer com qualidade de vida e nossos direitos respeitados. O evento da Organização das Nações Unidas (ONU) ocorre a cada 20 anos, é um grande avanço Porto Alegre receber essa assembleia”, salientou Medina.


A ministra das Mulheres, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, também participou do evento e afirmou que o Brasil está avançando na política dos idosos.” Estamos trazendo para o Brasil, o protagonismo das pessoas idosas. Trabalhamos diariamente para que a população idosa seja valorizada, visitamos diversas regiões do Brasil, em algumas situações nos deparamos com idosos sem documentos básicos. Precisamos nos unir, e avançar para a proteção e defesa dos direitos dos idosos”, afirmou Damares.

No decorrer da conferência, participou o coordenador-geral do Comitê Organizador do IV Fórum Social Mundial da População Idosa, Lélio Luzardi Falcão, que destacou elementos para Porto Alegre sediar a Assembleia Mundial do Idoso. ” Porto Alegre é uma cidade amiga do idoso. É uma capital que trabalha por meio de diversas ações para zelar pelo idoso”, citou Luzardi.

A audiência pública, também contou com a presença virtual do Secretário Nacional de Promoção e Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Antônio Costa; do presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil, Alexandre Kalache; da médica geriatra Karla Giacomin e da procuradora de Justiça do Estado de Pernambuco, Yelena de Fátima Monteiro de Araújo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s